Início Cidades Barueri TCE mostra impactos da pandemia de covid-19 na arrecadação de Osasco, Carapicuíba...

TCE mostra impactos da pandemia de covid-19 na arrecadação de Osasco, Carapicuíba e região em 2020

0
hospital retaguarda osasco
Foto: Marcelo Deck

O “Painel Gestão de Enfrentamento da COVID-19” divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCSP) mostra o impacto orçamentário que a pandemia de Covid trouxe para os municípios. Entre eles, Osasco, Carapicuíba, Itapevi e outras cidades da região.

publicidade

O fechamento de postos de trabalho, de empresas, comércios e serviços em 2020, período mais agudo da pandemia, podem explicar a baixa significativa na arrecadação dos cofres públicos.

Para se ter uma ideia, a previsão orçamentária de Osasco para 2020 era de arrecadar R$ 3.132.071.065,00, mas o total arrecadado até 31/12/2020 foi de R$ 2.763.344.188,44. Isso significa quase R$ 369 milhões a menos de recursos, ou 88,22% do total que a cidade estimou arrecadar naquele ano.

publicidade

A diferença orçamentária em Carapicuíba, que tem um dos menores orçamentos da região, foi de R$ 111.944.178,41, ou apenas 85,07% do total esperado.

Quanto às outras cidades da região, os impactos foram menores, mas ainda sim foram registrados. Santana de Parnaíba teve perda de R$ 87.479.707,15 da arrecadação prevista, Itapevi perdeu R$ 36.184.934 e Jandira R$ 49.008.986,92.

publicidade

A exceção ficou por conta de Cotia, que tinha um orçamento estimado de R$ 912.298.260,44 e registrou arrecadação de R$ 973.183.041,18, diferença de R$ 60.884.780,74 segundo o Tribunal de Contas.

 

Comentários