Telemedicina de Cotia já fez quase 5 mil agendamentos com médicos de várias especialidades

0
telemedicina cotia
Os pacientes são atendidos em consultas remotas com clínico geral, reumatologista, alergista, cardiologista, entre outras especialidades / Foto: Vagner Santos

O serviço de Telemedicina de Cotia já realizou 4.859 agendamentos médicos de diversas especialidades desde o seu lançamento, em abril. Os dados são da Secretaria de Gestão Estratégica e Inovação.

O Telemedicina foi implantado em Cotia durante a pandemia do novo coronavírus como uma forma de desafogar a rotina do Sistema Único de Saúde (SUS) no município e diminuir o risco de exposição ao vírus por oferecer atendimento exclusivamente remoto.

Os atendimentos são realizados por uma equipe de 17 médicos da Policlínica do Portão nas especialidades de reumatologista, alergista e imunologista, cardiologista, cirurgião vascular, dermatologista, endocrinologista e metabologista, oftalmologista, otorrinolaringologista e clínico geral.

Publicidade

“A Telemedicina, como outros atendimentos remotos, é um caminho sem volta. A situação da pandemia acelerou um pouco este processo no serviço municipal de saúde de Cotia e tem se mostrado muito bom”, explica o secretário de Gestão Estratégica e Inovação, Raphael Camargo.

Em abril, foram registrados 1.368 atendimentos e em maio, 1.340 pacientes foram atendidos. Ainda de acordo com os números apresentados pela Secretaria de Gestão Estratégica, o mês de junho contará com 2.151 pacientes agendados.

O serviço de Telemedicina também contabiliza 2.197 SMS’s enviados para os pacientes, 10.205 e-mails e 5.848 troca de mensagens via WhatsApp. “Todo o atendimento é remoto, desde o agendamento, a confirmação da consulta e o atendimento propriamente”, diz o secretário.

De acordo com Raphael, com a implantação do serviço em parceria com a empresa OM30, os atendimentos são realizados também com pacientes de retorno médico e o sistema tem conseguido gerar fluidez na fila de espera, além de preservar a qualidade do atendimento presencial.

Comentários