Time de Osasco sai em defesa de Sidão

Time de Osasco sai em defesa de Sidão

1
Compartilhar

O Osasco Audax também se manifestou em defesa de seu ex-atleta Sidão após o constrangimento vivido na TV Globo neste domingo (12). O goleiro do Vasco fez uma partida ruim e foi eleito pelos internautas, de forma irônica, como o “Craque do Jogo”, após a derrota por 3 x 0 para o Santos, no Pacaembu. Mesmo com a escolha feita na brincadeira, a TV Globo entregou o troféu para o jogador.

“Quem conhece a tua história, sabe da tua força, teu caráter e o teu tamanho! Você é maior que tudo isso e merece todas as glórias! Você é gigante Sidão! Respeitem sua história”, postou o Osasco Audax no Facebook junto a uma imagem do tempo em que o goleiro jogou no clube osasquense.

Publicidade

QUEM CONHECE A TUA HISTÓRIA, SABE DA TUA FORÇA, TEU CARÁTER E O TEU TAMANHO!

VOCÊ É MAIOR QUE TUDO ISSO E MERECE TODAS AS GLÓRIAS!

Publicidade

VOCÊ É GIGANTE SIDÃO!

RESPEITEM A TUA HISTÓRIA!
#FORÇASIDÃO #JOGAAUDAX

Publicado por Grêmio Osasco Audax em Segunda-feira, 13 de maio de 2019

Sidão estava no gol no principal momento da história do clube osasquense: o vice-campeonato Paulista, em 2016, com derrota para o Santos na final. O goleiro foi o herói da classificação do Osasco Audax à decisão daquele estadual, ao defender dois pênaltis na semifinal contra o Corinthians.

Publicidade

Após a entrega do “prêmio”, Sidão admitiu o constrangimento e disse que fez o pior jogo da carreira. O Grupo Globo pediu desculpas ao atleta e mudou o formato do “Craque do Jogo”, que agora terá a participação dos comentaristas.

“O goleiro é um profissional de alto nível no futebol brasileiro que estava em seu ambiente de trabalho depois de uma jornada difícil. Reconhecemos que a entrega do troféu não foi adequada na ocasião e agradecemos a educação de Sidão no momento de tensão”, declarou nota do Grupo Globo.

“Imbecilidade”

O Sindicato dos Atletas de São Paulo emitiu nota na qual repudia o constrangimento vivido por Sidão. “Aceitar e fomentar atos de constrangimento ou ridicularização públicos simplesmente porque o ser humano atleta não ostenta a camisa do clube de nossa preferência nos coloca a todos em posição de extrema fragilidade. Afinal, amanhã pode ser com você seja qual for o seu ramo de atividade”, diz o texto.

Publicidade

“A televisão é importante no desenvolvimento do futebol, mas não há nenhum valor financeiro que possa suplantar o valor do ser humano”, continua a nota.

“É lamentável que, no dia que comemoramos o fim da escravidão no Brasil, ainda não seja possível comemorar o fim da imbecilidade humana”, completa nota do Sindicato dos Atletas de São Paulo.

Compartilhar

Comentários