Tite é indicado ao prêmio de melhor técnico do mundo da Fifa

Tite é indicado ao prêmio de melhor técnico do mundo da Fifa

0
Compartilhar
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) anunciou, nesta quarta-feira (31), os indicados para o The Best, que premia os melhores técnicos e jogadores da temporada, tanto no masculino como no feminino. O único brasileiro na disputa é o técnico da seleção brasileira de futebol, Tite, que concorre como melhor treinador de equipes masculinas.

Tite foi indicado após a conquista da última edição da Copa América, realizada em junho e julho, no Brasil. Na disputa, ele terá pela frente nomes como o alemão Jürgen Klopp, que conquistou a última edição da Liga dos Campeões com o Liverpool; o espanhol Pep Guardiola, que levou o Manchester City ao título inglês, e o francês Didier Deschamps, que comandou seu país na vitoriosa campanha da Copa do Mundo de 2018.

Completam a relação o argelino Djamel Belmadi; o português Fernando Santos; o holandês Erik ten Hag, e os argentinos Marcelo Gallardo, Ricardo Gareca e Mauricio Pochettino.

Neymar

Publicidade

Entre os jogadores, a ausência mais sentida é a do brasileiro Neymar. Desde que se transferiu para o PSG o atacante não é indicado à premiação. Os favoritos ao título são o argentino Lionel Messi, que fez uma ótima temporada pelo Barcelona; o português Cristiano Ronaldo, que ajudou Portugal a chegar ao título da Liga das Nações da Uefa; o senegalês Sadio Mane; o holandês Van Djik e o egípcio Salah, peças importantes na campanha do Liverpool, na Liga dos Campeões.

Os outros indicados ao prêmio são o inglês Harry Kane; o belga Hazard; o francês Mbappé e os holandeses Frenkie De Jong e Matthijs de Ligt. O atual detentor do prêmio, o meia croata Modric, não foi indicado.

Marta

Publicidade

Outra grande ausência foi a da brasileira Marta. Atual detentora do prêmio de melhor jogadora do mundo, que já conquistou em seis oportunidades, a camisa 10 da seleção brasileira não foi indicada. A grande favorita nesta edição é a atacante Mega Rapinoe, destaque dos Estados Unidos na campanha do título da Copa do Mundo de Futebol Feminino.

As outras candidatas são a holandesa Vivianne Miedema; a australiana Sam Kerr; as francesas Amandine Henry e Wendie Renard; as inglesas Ellen White e Lucy Bronze; as norueguesas Caroline Graham e Ada Hegerberg, e as norte-americanas Julie Ertz, Rose Lavelle e Alex Morgan.

Agência Brasil

Compartilhar

Comentários