Campus da Unifesp vai oferecer educação, cultura e lazer para toda a comunidade

0
Reitora Soraya Smaili fala sobre projeto do campus Osasco em audiência pública

Em uma audiência pública na noite desta quarta-feira, 5, a reitora da Universidade Federal (Unifesp), Soraya Smaili, e o prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), divulgaram os detalhes da obra do campus definitivo da Unifesp. Aberto à população, o evento reuniu centenas de pessoas na Sala Osasco, anexa à Prefeitura.

publicidade

O campus será construído em um terreno de mais de 200 mil metros quadrados na Cidade das Flores e, além do prédio da instituição, terá espaços para toda a comunidade, como creche, escola, teatro e  biblioteca. Além disso, uma nova rua por dentro do campus ligará Quitaúna ao Km 18.

Reitora Soraya Smaili fala sobre projeto do campus Osasco em audiência pública
Reitora Soraya Smaili fala sobre projeto do campus Osasco em audiência pública

O processo de licitação deve durar de seis a nove meses, prevê reitora. Após o início, as obras devem durar cerca de 18 meses, disse ela. Ou seja, campus deve ficar pronto entre o fim de 2015 e o início de 2016. Projeto está orçado em cerca de R$ 55 milhões.

publicidade

Atualmente a instituição funciona em um prédio provisório no Jardim das Flores. Os cinco cursos já oferecidos (Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Atuariais, Administração e Relações Internacionais) serão mantidos, com ampliação de vagas, no futuro campus definitivo. A Prefeitura quer a implantação de curso de Direito, o que está em estudo pela Unifesp.

Antes do término das obras do prédio, a Unifesp deve começar a funcionar no local com cursos de extensão à comunidade em construções pré-fabricadas “de qualidade, não como as escolas de lata”, garante a reitora.

publicidade

Frequentemente usado para despejo irregular de entulho, terreno da instituição será cercado.

Leia matéria completa na edição impressa do Visão Oeste, distribuída nesta sexta-feira, 7.

Comentários