Compartilhar
Foto: PMB

Leandro Conceição

Publicidade

“Vagabundo não tem lugar na nossa cidade, ou ele vai embora ou o Romu atropela ele”. Assim o prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), definiu a importância da criação da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), uma espécie de “tropa de elite” da Guarda Civil Municipal (GCM).

O decreto que cria a Romu foi publicado dia 11. De acordo com a prefeitura, a Romu focará sua atuação em áreas de maior incidência criminal.

“A Romu atua nos locais em que há uma maior incidência criminal, conforme os estudos realizados. A Romu também age em ocorrências de maior vulto, apoiando as demais viaturas da Guarda”, destacou o comandante da Guarda Civil Municipal de Barueri, Marcus Guedes.

Para ingressar na Romu, os GCMs devem cumprir requisitos como ter no mínimo dois anos no cargo, estar dentro do comportamento considerado “bom” no órgão e não ter sofrido nos últimos dois anos penalidade disciplinar de suspensão, entre outras.

A Romu conta com 18 equipes, com três guardas cada, totalizando 54 GCMs, de acordo com Furlan. O efetivo total da Guarda Municipal de Barueri é de 600 agentes.

As equipes da Romu atuam em veículos modelo Toyota/ Hilux Sw4 na cor azul marinho e com o brasão do Batalhão da Guarda, entre outras características. Os veículos reforçam o patrulhamento no município desde janeiro.

Armas e equipamentos  

Cada guarnição da Romu conta com no mínimo três componentes, armados com pistolas.380, espingardas calibre 12, espingardas Safir T-14, além de equipamentos de letalidade reduzida como espargidores de gás de pimenta e máquinas de choque para imobilização.

Além da Romu, o decreto 8.515, do prefeito Rubens Furlan, determina a criação do Grupo Tático de Motos (GTM) na Guarda Municipal.

Início de ano mais seguro desde 2012 

De acordo com dados da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), Barueri teve o mês de janeiro mais seguro em cinco anos.

Somados, os principais crimes contra o patrimônio (roubo, roubo de veículo, furto e furto de veículo) na cidade caíram 15% em relação às ocorrências do mesmo período de 2016.

Com relação a janeiro do ano passado, Barueri reduziu o número de roubos de veículos (-35,2%), furtos de veículos (- 32,6%), furtos em geral (- 13,6%) e roubos em geral (- 8,1%).

A secretária de Segurança de Barueri, Regina Mesquita, atribui a queda nos índices criminais à ações preventivas adoradas pelo município, como reforço no videomonitoramento e grandes operações de segurança e reativação do serviço de inteligência.

Comentários

Faça seu comentário