Vândalos já destruíram cerca de 20 novas câmeras de segurança em Osasco

Vândalos já destruíram cerca de 20 novas câmeras de segurança em Osasco

3
Compartilhar
São mais de 300 câmeras de segurança inteligentes espalhadas pela cidade

Vândalos já danificaram cerca de 20 das mais de 300 câmeras de videomonitoramento inteligentes instaladas pela Prefeitura de Osasco ligadas ao Centro de Operações Integradas (COI), segundo o vereador Antonio Toniolo (PCdoB), líder do prefeito Rogério Lins, na sessão desta terça-feira (14) na Câmara Municipal.

“[Foram] 20 câmeras destruídas. Umas quebraram, outras colocaram fogo”, declarou Toniolo. Alex da Academia (PDT) afirmou ainda que, além dos equipamentos, o cabeamento também é alvo. “Danificaram a fibra [óptica] com alicate para que elas não transmitissem as imagens”.

Os parlamentarem também reclamaram das fake news espalhadas nas redes sociais que diziam que as câmeras de videomonitoramento são radares. “Quem está a favor do quanto pior melhor, passou a disseminar fake news”, afirmou Alex da Academia.

Sistema com câmeras que identificam carros roubados entrou em operação dia 8

Publicidade

Entrou em operação no último dia 8 a segunda fase do Centro de Operações Integradas (COI) de Osasco, que agora conta com novas câmeras e softwares capazes de captar, entre outras informações, a circulação pela cidade de veículos roubados ou furtados. O monitoramento será feito 24 horas todos os dias.

Com os novos equipamentos, que integram totalmente os órgãos públicos municipais, estaduais e federais, o município passa a contar com uma das centrais de segurança pública e de mobilidade urbana mais modernas do estado, destacou o prefeito Rogério Lins.

O prefeito Rogério Lins acompanha no COI imagens das mais de 300 câmeras de videomonitoramento instaladas em Osasco / Foto: Ítalo Cardoso
Publicidade

Um dos principais diferenciais é a utilização de um Sistema Integrador, um software que integra a atuação da Guarda Civil Municipal, do Departamento de Trânsito, da Defesa Civil e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

O “cercamento eletrônico” nas principais entradas e saídas do município reúne mais de 300 câmeras de videomonitoramento de alta capacidade e semáforos inteligentes em pontos estratégicos; central semafórica em tempo real nos cruzamentos; radiocomunicação digital para todos os agentes de campo e viaturas, solução de rastreamento e gestão de viaturas; sistema de atendimento e despacho de ocorrências, entre outros, permitindo coordenar a atuação das forças de emergências para atendimento às ocorrências, com regras automatizadas e com baixa interferência humana, segundo a Prefeitura.

“Um passo importante em relação à segurança preventiva e ostensiva”, diz prefeito

O prefeito Rogério Lins explica que a nova fase do Centro de Operações Integradas (COI) utiliza um sistema integrado de segurança, mobilidade e serviços urbanos, permitindo uma visão da cidade 360º e, consequentemente, uma gestão mais eficiente, excelência da prestação dos serviços de segurança e mobilidade e a construção de uma Osasco mais inteligente.

“Pesquisas apontavam que a principal preocupação na cidade era na questão da segurança. Com essa nova fase, damos um passo importante em relação à segurança preventiva e ostensiva em nossa cidade. Esse investimento em tecnologia foi possível porque aumentamos em 77% o orçamento da secretaria (de Segurança e Controle Urbano). Com isso, também dobramos o efetivo da GCM (foram contratados 200 guardas), criamos a ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), e alugamos novas viaturas e motocicletas, para reforçar o combate à criminalidade”, pontuou o prefeito Rogério Lins.

Publicidade

NOVA REFERÊNCIA EM SEGURANÇA PÚBLICA

CÂMERAS DE SEGURANÇA – Veja a simulação sobre as novas Câmeras de Osasco, mais segurança para nossa cidade, mais segurança para sua família! #AmorPorOsasco

Publicado por Rogério Lins em Segunda-feira, 13 de maio de 2019

Compartilhar

Comentários