Vereadora Drª Regia Gouveia assume oposição ao governo de Rogério Lins

0
Vereadora criticou a demora e indefinição do secretariado do prefeito Rogério Lins (PTN) / Foto: Reprodução
Vereadora criticou a demora e indefinição do secretariado do prefeito Rogério Lins (PTN) / Foto: Reprodução

A oposição começa tomar forma na Câmara Municipal de Osasco, com a vereadora Drª. Regia Gouveia (PDT) que lançou no sábado, 7, uma nota na sua página do Facebook criticando a demora e indefinição do secretariado do prefeito Rogério Lins (PTN).

publicidade

No texto, a parlamentar cita a dificuldade do prefeito em definir os nomes dos demais secretários e agregar os representantes de todas as alianças costuradas durante o processo eleitoral. O secretariado completo seria anunciado em evento no dia 4 de janeiro, mas indefinições causaram o adiamento.

Até o momento foram oficializadas e nomeadas Ana Paula Rossi como secretária de Educação, Gelso de Lima, Governo, Emília Cordeiro para a Comunicação e o advogado Ivo Gobatto Júnior em Assuntos Jurídicos. A chefe de Gabinete é Elsa Natal de Oliveira e o diretor de Licitações e Compras, Franz Felipe da Luz.

publicidade

Na sexta, 6, foram oficializados José Carlos Vido para a secretária de Saúde, Alexandre Bussab, Indústria, Comércio e Abastecimento com o adjunto Luiz Henrique do Nascimento, Sérgio Di Nizo para Administração e Fabio Chirinhan como adjunto.

Também foram definidos os secretários adjuntos Alexandre Capriotti na pasta do Meio Ambiente, Adilson Custódio Moreira, Segurança e Controle Urbano, Fábio Grossi no Transporte e Mobilidade Urbana e Geraldo Aparecido de Oliveira Leite em Serviços e Obras.

publicidade

Em outro trecho da nota, a vereadora afirma que a demora em montar o novo secretariado se deve ao conjunto de situações, que afastaram Lins da cidade. O prefeito eleito, ficou quase um mês em viagem de férias com a família e quando retornou foi detido na Operação Caça Fantasmas do Ministério Público do Estado de São Paulo.

Por fim, o texto critica o discurso de renovação, utilizado no período de campanha. “A tal renovação, mote da campanha de Lins, é questionável, traz de volta velhos conhecidos da política osasquense, como Francisco Rossi e Celso Giglio. Não é segredo que essas personalidades, que apoiam Rogério, são entre si, adversários políticos, e assim entende-se melhor os porquês de tanta demora em definir os secretários”.

Comentários