Vereadores de Osasco avaliam o governo Bolsonaro

0
Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro está no início de seu segundo ano de mandato e dá muito o que falar. O Visão Oeste pediu para quatro vereadores de Osasco fazerem suas avaliações sobre o governo do polêmico presidente. Confira:

publicidade

Didi: “Povo está desempregado e desesperado”

Para o vereador Didi (PSDB), o governo Bolsonaro “está mais preocupado com a economia do que com o povo"

Para o vereador Didi (PSDB), o governo Bolsonaro “está mais preocupado com a economia do que com o povo”. Apesar de “torcer para que dê certo”, o tucano afirmou também que não gosta do governo Bolsonaro e fez duras críticas ao presidente da República.

publicidade

“Governo que não se preocupa com o povo não gera emprego. Ele só fala em economia, mas não adianta ficar só no discurso. Ele também está gerando muita polêmica nos meios de comunicação para desviar o foco de que as coisas estão ruins, mas o povo está desempregado e desesperado. Bolsonaro ganhou. E daí? O que aconteceu depois? A reforma da Previdência vai resolver? Aprovaram. Tiraram direitos dos trabalhadores, mas dos ricos não tiraram nada. O Bolsonaro tem que fazer acontecer o que ele prometeu e ficar só nas redes sociais que vai resolver, não resolve. Já passou um ano e ficar só colocando a culpa no governo Lula não vai resolver”.

Ana Paula Rossi: “A gente tem que torcer para dar certo, mas ele fala demais”

Vereadora Ana Paula Rossi (PR)

publicidade

A vereadora Ana Paula Rossi (PR) disse que “as pessoas esperavam mais” da gestão de Jair Bolsonaro, “mas ainda dá tempo de corrigir”. “Eu torço para que dê certo. É o nosso país e a gente tem que torcer para dar certo, mas ele fala demais. Cria situações onde não tem”.

“Enganou o povo dizendo que ia fazer tudo diferente e não fez”, diz Tinha

O vereador Tinha Di Ferreira (PTB) considera a gestão de Bolsonaro "estagnada"

O vereador Tinha Di Ferreira (PTB) considera a gestão de Bolsonaro “estagnada”. “Um governo que enganou o povo dizendo que ia fazer tudo diferente e não fez. Ele não pode enganar o povo e agora está sentindo que tudo o que queria fazer não será feito. Por isso, fica provocando o Congresso e o Judiciário”, comentou.

“Ainda no início”, defende De Paula

De Paula

Já o tucano De Paula diz que ainda é muito cedo para fazer qualquer apontamento sobre o governo do presidente Jair Bolsonaro. “Precisamos finalizar os quatro anos. Ele está ainda no início do seu segundo ano de governo. Precisamos finalizar os quatro anos e aí a gente faz uma avaliação como um todo. Agora, não me arrisco a fazer uma avaliação prévia”.

Leia também:
Inscrições para concurso com salários de até R$ 10,4 mil em Santana de Parnaíba vão até segunda (9)
Além de torresmo, chopp e churros são atrações de festival no fim de semana em Osasco
Famosos são acusados de abusar do Photoshop e internet não perdoa

 

Comentários