Vereadores pedem vinda do Ceagesp para Carapicuíba

Vereadores pedem vinda do Ceagesp para Carapicuíba

11
Compartilhar
Foto: Marcelo Camargo/ABr

Por unanimidade, os vereadores de Carapicuíba aprovaram, nesta terça-feira (28), a Moção de Apoio à instalação do novo Ceagesp na cidade. O documento segue agora para as mãos do governador de São Paulo, João Dória, e de Igor Soares, prefeito de Itapevi e atual presidente do CIOESTE (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo).

Uma área existente na região da Lagoa de Carapicuíba é uma das quatro em estudo para a implantação do entreposto. De acordo com os parlamentares, o Ceagesp na região pode representar um significativo incremento da arrecadação e oferta de empregos, entre outros benefícios.

O terreno na Lagoa de Carapicuíba, proposto pela empresa FRAL, fica próximo à região de Osasco, além de ter acesso pela rodovia Rodoanel Oeste. O local tem total de 1,9 milhão de m² e sugestão de 864m² de área construída.

Publicidade

O Governador João Doria e o presidente Jair Bolsonaro se reuniram em Brasília no fim de abril e definiram que o Ceagesp será transferido da União para o governo de São Paulo e mudará de endereço até o final de 2020.

“Até o final do ano que vem, ele estará em um novo endereço, em uma área até seis vezes maior que a área que ele hoje ocupa. Com isso, vamos ter mais permissionários, uma condição melhor física e operacional. Este novo local será próximo a uma rodovia, o que permitirá uma ligação mais rápida e eficiente com o Porto de Santos e com as demais rodovias federais e estaduais”, disse Doria, sem dar o endereço.

Publicidade

Das quatro propostas em estudo, duas ficam na região: o terreno na região da Lagoa de Carapicuíba e uma área em Santana de Parnaíba.

Privatização

Após receber a Ceagesp, o governo pretende iniciar o processo de privatização da empresa, que deverá ser concluído ao longo do ano que vem, segundo as projeções do governo.

Vale do Silício de São Paulo

A Ceagesp será transferida do Ministério da Agricultura para a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento e o novo espaço será viabilizado por meio de recursos privados, diz o governo do estado.

No atual local do Centro será implantado o CITI (Centro Internacional de Tecnologia e Inovação), também em parceria com a iniciativa privada. “Será o Vale do Silício de São Paulo, com 650 mil metros quadrados de área dedicada à tecnologia”, explicou o governador.

Compartilhar

Comentários

11 Comentários

  1. Não importa para onde será transferida….. Creio que exista m equivoco enorme em mudar a CEAGESP de lugar. Mais uma manobra politica!!! VIGIA BRASIL!!!!!

  2. Como vai ficar o rodizio dos caminhões? sofremos com o gd fluxos p chegarmos na gd São Paulo atualmente Barueri sofre com acesso p a rodovia

  3. Seria muito bom mas caso isso não acontece seria muito bom também usar o espaço para fazer um belo hospital e pronto socorro decente

  4. Vcs não entenderam este terreno pertence a Barueri e a privatização vai gerar mais custos para os produtores gerando aumento as pessoas

    O Presidente Jair Bolsonaro ate agora não fez nada com os “seus aliados” com leis que estão prejudicando o mais pobre e esta “Reforma da Previdência” não vai prejudicar o mais rico e eles não cortaram os beneficios e regalias dos politicos e estão criando leis que vão beneficiar o mais rico

    Este Governador Eleito João Doria não esta fazendo nada e está querendo vender e privatizar tudo para beneficiar os empresarios com aumento do custo de vida e a meta dele é de ser Presidente da Republica para vender tudo q é publico

  5. Tem que fazer uma nova ponte sobre o Tietê e outros acessos via Carapicuíba, hoje os acessos existentes não comportam nem o tráfego da região!

  6. A área proposta para a Nova GEAGESP não é em Carapicuíba , fica situada em Barueri , os Vereadores desconhecem a divisa territorial

  7. O gente ignorante,favela em Carapicuíba “já é uma realidade”há muito tempo,uma empresa do porte da Ceagesp, trará alguns milhões em impostos para Carapicuíba, talvez seja a chance de desenvolver essa cidade ,além de milhares de empregos na região

  8. Acho uma excelente opção, a área da lagoa não está sendo utilizada para nada, o Ceagesp no local forçaria uma urbanização mínima do local, o que já é muito mais do que o existente hoje, além de gerar emprego e renda pro município.

Faça seu comentário

Mais notíciasHoróscopo do Dia | Previsões de hoje (29/05) para o seu signo
Mais notíciasSmart Fit chega ao Parque Shopping Barueri