Vereadores reclamam do secretariado

Vereadores reclamam do secretariado

0
Compartilhar
“Tem duas ou três secretarias deixando a desejar”, diz Vilela / Foto: Ivan Nunes

“Tem duas ou três secretarias deixando a desejar”, diz Vilela / Foto:  Ivan Nunes
“Tem duas ou três secretarias deixando a desejar”, diz Vilela / Foto: Ivan Nunes

William Galvão

Na terça-feira, 4, a Câmara Municipal de Barueri iniciou seus trabalhos legislativos com a realização da primeira sessão ordinária de 2014. Todos os 21 vereadores que compõem a Casa estiveram presentes. Três parlamentares da base do prefeito Gil Arantes (DEM) criticaram secretários municipais, por, disseram, ignorar solicitações ou não atendê-los. Mas eles não citaram nomes.

“Tem secretário que não atende telefonema de vereador”, disse o vereador Kaskata (PSB). Ele reclamou de não conseguir atender a solicitações de moradores que têm reclamado da atuação da Guarda Civil Municipal. “A GCM está abandonando a cidade, os moradores tem sido assaltados em plena 5h da manhã, indo trabalhar”.

“Tem secretário que não atende vereador”

Ao citar os problemas do lixo que a região tem passado e a indefinição do incinerador de resíduos que pode ser instalado na divisa com Carapicuíba, o vereador Carlinhos do Açougue (DEM) disse que os “secretários precisam acordar”. Segundo ele, “tem secretário que acha que sua secretaria é uma mini-Prefeitura, em que ele faz, manda, e às vezes não atende ao pedido de um nobre vereador”.
O presidente da Casa, Chico Vilela (PTB) disse que “alguns secretários não cumpriram o que prometeram, que é zelar pelo bem do povo, estão vagarosos. Tem duas ou três secretarias e uma superintendência que estão deixando a desejar”.

Compartilhar

Comentários