Via Parque é liberada e opera de ponta a ponta

0

Considerada como uma das maiores obras de mobilidade urbana da história de Alphaville e Tamboré, a Via Parque já está operando de ponta a ponta em toda a sua extensão que margeia o Rio Tietê.

publicidade

Na segunda-feira, 28, foi liberado oficialmente ao tráfego o novo trecho duplicado (soma de 2.760 metros de comprimento), entre a avenida Andrômeda, em Barueri, e a avenida Dr. Yojiro Takaoka, em Santana de Parnaíba.

As obras foram executadas pelas duas cidades em parceria com o governo do estado. O trecho de Barueri soma 1.160 metros de extensão. Passou a contar com duas faixas em cada sentido, teve remanejamento de postes de concreto para espaço lateral, ao lado da Área de Proteção Ambiental (APP), e implantação de postes ornamentais (no canteiro central), sem fiação aérea, para uma moderna e mais eficiente iluminação em LED.

publicidade

A Via Parque tem como objetivo oferecer mais opção ao motorista e reduzir os congestionamentos em Alphaville nos horários de pico. “Beneficia a alameda Mamoré e tira todo o corredor da alameda Rio Negro”, destacou o prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB).

Além disso, segundo o prefeito, facilita para quem sai da rodovia Castello, pois, poderá acessar a alameda Xingu e já entrar na Via Parque (sentido Santana de Parnaíba). Na volta, passa pela avenida Dr. Dib Sauaia Neto e já chega ao trevo e à marginal da Castello Branco. “O fluxo deixa de fazer parte da vida de quem passa por dentro de Alphaville. Com isso, resolvemos parte do grande problema do trânsito.”

publicidade

O novo trecho da Via Parque, em Barueri, complementa-se com a primeira etapa já existente de 1.100 metros de extensão, estendendo-se à Estrada da Aldeinha, com acesso à nova ponte Akira Hashimoto (ligação Aldeia de Barueri/ Alphaville) e a Osasco pela avenida Piramboia.

Comentários