Início Trabalho Vigilantes cobram aprovação do Piso Nacional no Senado

Vigilantes cobram aprovação do Piso Nacional no Senado

2
Representantes da categoria e senadores se reuniram para discutir proposta de piso de R$ 3 mil

Representantes da categoria e senadores se reuniram para discutir proposta de piso de R$ 3 mil
Representantes da categoria e senadores se reuniram para discutir proposta de piso de R$ 3 mil

publicidade

Na segunda-feira, 6, a Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV), diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Barueri, demais dirigentes de entidades representativas da área de vigilância privada e deputados que defendem os direitos da categoria, lotaram o plenário de Audiência Pública, no Senado Federal, em Brasília, para apresentação e debate da importância da aprovação do Projeto de Lei do Piso Nacional de R$ 3 mil para todos os profissionais que atuam no segmento do Brasil.

 

publicidade

 

“É importante a participação de todos os profissionais, junto com os sindicatos, na luta por essa conquista em prol de melhorias nas condições de trabalho, independente de políticas partidárias. Por isso, não deixem de cobrar os sindicatos para brigarem pelo piso”, destacou, em depoimento no auditório, o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Barueri, Amaro Pereira.

publicidade

 

 

Já o senador Paulo Paim (PT-RS), que propôs a audiência, demonstrou orgulho em colaborar na luta pelo avanço da categoria. “Muitas empresas veem os vigilantes como mercadorias. Não é justo que haja uma disparidade salarial tão grande entre profissionais de região para região que exercem a mesma função”, ressaltou.

 
Ao final da audiência, a CNTV e demais dirigentes entregaram o projeto de lei do Piso Nacional para o senador Paim.

Comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. precisamos mesmos de melhoras vigilantes,vspp,etc… não só no piso mas no que diz respeito ao porte de armas e melhoras nas leis contamos com vossa ajuda ta tudo muito caro o risco de vida aumentou e vai continuar aumentando as empresas estão cada vez mais exigentes a grande maioria exige o segundo grau de escolaridade o tempo de reciclagem cada vez diminui mais os cursos não são baratos e nem fácil!E nós estamos nos qualificando estudando treinando fazendo cursos e procurando fazer cada vez melhor a nossa parte! agora precisamos de ganhar por isso pois quem exige muito quer o melhor e quem quer o melhor tem que reconhecer que o melhor tem o seu custo mais auto! pois o Brasil ja ta cheio de gente trabalhando ilegal nós não nós somos profissionais e merecemos ganhar mais!

  2. Na verdade tudo almentou a gazolina,o feijão,água,luz,impostos etc… Não da para sobreviver com este piso atual cada ano nos vigilantes,vspp somos mais cobrados é reciclagem,cnv,12:00hs,segundo gral etc.. o risco é iminente dobrou o perigo nada mais justo do que recebermos o que é nósso por direito um piso mais digno pois ninguém trabalha de graça!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMaximiliano Nagl Garcez: Emocionante manifestação de advogados canadenses contra o golpe
Próximo artigoProdução cresce em maio, mas tem queda no ano