Visão Atenta

0

Mudança
O prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), promoveu esta semana uma mudança em seu secretariado. Roberto Trapp deixou a Secretaria de Comunicação. No lugar dele assumiu, a princípio provisoriamente, Oscar Buturi, que era secretário-adjunto da pasta. “A mudança tem a ver com o projeto político para o ano que vem. O Trapp vai exercer um papel mais ligado à área política do que à área de gestão”, justificou o prefeito.

publicidade

Sem prazo
Lapas negou problemas com o ex-secretário. “O Trapp é um dos meus melhores amigos, uma pessoa que está à disposição para qualquer tarefa e temos uma tarefa nova para ele”. De acordo com ele, “não há prazo” para definir se a pasta ficará sob o comando de Oscar Bututi ou se será escolhido um novo secretário. “Por enquanto vai ficar o Oscar até que a gente veja se outra pessoa deve assumir. Acabamos de contratar uma nova agência de publicidade e o Oscar começa com essa nova agência numa nova expectativa”. O prefeito também nega que planeje promover outras mudanças no secretariado.

Nome Social
Na semana passada, após críticas da bancada evangélica, a Câmara de Osasco adiou a votação de um projeto de lei que visa garantir o uso do nome social de travestis e transexuais no atendimento público municipal. No estado já há determinação do tipo estabelecida por decreto do ex-governador José Serra (PSDB). Questionado sobre se poderia adotar a mesma postura, o prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT) declarou que “é um debate que precisa ser ampliado”. Lapas diz não ter opinião formada sobre o tema.

publicidade

Rejeitado
A Câmara de Taboão da Serra rejeitou nesta semana as contas do ex-prefeito Evilásio Farias (PSB), do exercício de 2011. Votaram pela aprovação somente Professor Moreira (PT), Luiz Lune (PCdoB) e Luzia Aprígio (PSB). As contas tinham parecer desfavorável do Tribunal de Contas do Estado e o resultado pode levar à inelegibilidade de Evilásio.

publicidade

Comentários