Visão Atenta

1

Força Sindical
Dirigentes da Força Sindical se encontram na próxima terça-feira, 25, com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rosseto, na sede nacional da entidade em São Paulo. Na pauta, discussões acerca de reivindicações trabalhistas e do atual momento político. Membros da central sindical que são contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff vão participar.

publicidade

Protesto
A inauguração do túnel da avenida Mário Covas, em Carapicuíba, na segunda-feira, 17, foi marcada por protesto com cerca de 50 professores ligados ao Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo (Apeoesp). Cartazes com dizeres como “Governador Mentiroso”, “Bônus não é salário” e “Tribunal de Contas culpa Alckmin”, foram levantados junto a um “buzinaço” em referência à falta de diálogo com os professores, que ficaram 92 dias em greve de março a junho desse ano, e a um relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que culpou a falta de planejamento do governo do estado pela crise hídrica.

Não compareceu
Confirmado na inauguração do túnel até horas antes da cerimônia, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) desmarcou em cima da hora e enviou o secretário da Casa Civil, Edson Aparecido. “Ele [Alckmin] teve dificuldades de sair de Guarulhos”, explicou o prefeito de Carapicuíba, Sergio Ribeiro (PT).

publicidade

PME Itapevi
Itapevi é a próxima cidade que deve votar, em setembro, o polêmico Plano Municipal de Educação (PME). Assim como Osasco e Barueri, o município tende a seguir o modelo conservador e tirar do texto as citações das palavras “gênero” e “sexualidade”. Pelo menos essa é a intenção do presidente da Câmara Municipal, o vereador Professor Paulinho (PV). “Essa discussão de gênero é paralela e não tem a ver com educação”, disse. O PME deve definir os rumos da educação municipal pelos próximos dez anos.

Fac-Fito
Após a repercussão negativa do anúncio do iminente fechamento da Fac-Fito, a direção da instituição voltou atrás e decidiu manter a instituição aberta pelo menos até o fim deste período letivo para os 140 alunos matriculados. Mas, com dívidas que ultrapassam os R$ 70 milhões, o futuro da Fac-Fito continua incerto.

publicidade

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Ainda bem que o governador Geraldo Alckmin não conseguiu chegar. Escapou do circo armado pelo PT para tentar constrangê-lo. Apesar dessa meia dúzia, Alckmin continua gozando do apoio da maioria dos paulistas, como mostra as pesquisas que aprovam sua administração.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCarapicuíba inaugura túnel da Mário Covas
Próximo artigoPMDB de Osasco