Visão Atenta

0

Paço Municipal
Na quarta-feira, 9, na Sala Osasco, foi realizada audiência pública para discutir as alterações na Operação Urbana Consorciada Tietê II, que inclui diversos projetos em parceria com a iniciativa privada, sendo o principal deles a construção, já iniciada, de um novo Paço Municipal no terreno da antiga fábrica da Hervy, no bairro Bonfim. O projeto também prevê interferências ao longo do rio Tietê, no trecho compreendido entre o Complexo Viário Maria Campos/Fuad Auada e o viaduto Tancredo Neves.

publicidade

Mudanças
Um dos temas abordados na audiência foi a substituição das áreas dadas pela prefeitura como contrapartida para os empreendedores. Devido a problemas legais, o terreno da CMTO no Jardim Wilson não poderá mais ser desafetado. O prefeito Jorge Lapas, em entrevista ao Visão Oeste nesta semana, abordou o tema. Leia na página 5.

Contrapartidas
A audiência foi apresentada pela diretora do Departamento de Uso de Solo (DUS), Simone Beralda Tavares. Ela explicou que a Operação Urbana não representa gastos da prefeitura, pois o Poder Público vai conceder benefícios para a iniciativa privada investir. Em alguns casos, como o do complexo metropolitano, que envolve a construção do prédio do novo Paço Municipal, Câmara e Teatro, é vinculada à utilização do imóvel à construção do equipamento público, e são estabelecidas as contrapartidas para seu custeio.

publicidade

Projetos
Na terça-feira, 8, os vereadores de Osasco realizaram longa sessão na Câmara e aprovaram 22 projetos de autoria dos vereadores e enviados pela prefeitura. Entre os mais importantes está o que institui a Câmara de Conciliação de Precatórios, órgão que já existe na prefeitura da Capital e permite acordos com os credores da prefeitura, acelerando o pagamento dos precatórios.

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVisão na Rede
Próximo artigoDe olho em 2016