Visão Atenta

Visão Atenta

0
Compartilhar

13016714_1022224417843617_202699555_oDelação em Osasco
Osasco entrou na rota das delações premiadas. Em março o Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) homologou o primeiro acordo de delação em âmbito do Ministério Público estadual no país, referente a investigação de suposto nepotismo praticado na Câmara Municipal. É importante lembrar que em dezembro a promotoria já havia realizado busca e apreensão no gabinete do vereador Maluco Beleza (PHS) em busca de documentos que comprovassem a denúncia da existência de funcionários fantasmas, a prática de nepotismo no Legislativo e o desvio de parte dos vencimentos de servidores do gabinete do vereador.

promotorDedo duro
“As delações são de três pessoas envolvidas no esquema de corrupção e apontam provas para se descobrir todo o organograma criminoso”, disse o promotor de Justiça do Patrimônio Público de Osasco, Gustavo Albano Dias da Silva, que participa da investigação.

3-valdir RoqueRoque x Cunha
O vereador Valdir Roque (PT), de Osasco, ingressou com uma Ação Popular na Justiça pedindo a saída de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), envolvido em diversos escândalos de corrupção, da presidência da Câmara dos Deputados. O vereador alega que Cunha conduz o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff “se utilizando de subterfúgios com claro propósito de beneficiar-se politicamente”.

Publicidade

Manobras
Valdir Roque acusa ainda que “usando sua posição como presidente da Câmara, Eduardo Cunha tem perpetrado diversas manobras para barrar o processo por quebra de decoro parlamentar no que corre contra ele no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados”.

Itapevi Visão AtentaItapevi
A Câmara de Itapevi aprovou dia 12 projeto de lei batizado de “Parada Segura”, que obriga os ônibus municipais a pararem onde o passageiro pedir das 22h às 6h. O projeto, de autoria do vereador Julio Portela (PV) ainda precisa ser sancionado pelo prefeito para valer nas 23 linhas municipais.

Compartilhar

Comentários