Visão Atenta

0

Rodeio
A Câmara Municipal de Osasco voltou do recesso com um projeto polêmico na pauta. Apresentado pelo presidente da Casa, Antônio Aparecido Toniolo (PCdoB), o PL 45/13 permite a volta do rodeio na cidade. Na próxima terça-feira, 13, quando o projeto deve ser apreciado, já está marcado um protesto, organizado pelo Facebook.

publicidade

Justificativa
Na justificativa do projeto, Toniolo diz que “a população osasquense anseia pela volta [do evento], por se tratar de inúmeras atividades, como shows musicais, parque de diversão e alimentação. Os rodeios empregam milhares de pessoas que residem no município, gerando renda para muitos e para o município”, diz o texto.

De volta
Além da reviravolta com o ingresso de Ana Paula Rossi no PR, a política de Osasco teve mais uma surpresa nesta semana. Marcos Arruda, que havia sido exonerado da Secretaria de Indústria e Comércio (Sica), quando seu partido, o PSC, foi expulso da base aliada do governo Jorge Lapas, parece ter feito as pazes com o prefeito. Arruda não voltou à Sica, mas foi nomeado para um cargo no gabinete de Lapas.

publicidade

Furlan
A Câmara Municipal de Barueri rejeitou as contas do ex-prefeito Rubens Furlan (PMDB) relativas a 2011, o que deixa o político inelegível devido à lei Ficha Limpa. Somente o vereador Fabião (PCdoB) votou favorável a Furlan. O vereador Toninho Furlan (PMDB), que é irmão do ex-prefeito, não pôde votar devido ao parentesco. O parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) era favorável a Furlan.

Fiéis
O resultado da votação das contas de Furlan mostra fidelidade dos atuais vereadores ao prefeito Gil Arantes (DEM), rival político do ex-prefeito, que agora precisa tentar reverter a decisão da Câmara na justiça.

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHabitação
Próximo artigoArtigo – É preciso abrir o caixa do Metrô