Visão Atenta

0

Mensalinho?
O Ministério Público de São Paulo apontou esta semana que os deputados João Caramez e Carlos Bezerra Jr., ambos do PSDB, recebiam mesada de um esquema desvio de recursos da saúde. Eles foram denunciados na Operação Athenas, que investigou desvios de recursos da saúde em oito cidades de três Estados. Deflagrada na semana passada, a operação denunciou 61 pessoas, entre empresários, médicos e funcionários públicos.

publicidade

Aniversário
A denúncia aponta que Caramez e Bezerra Jr. recebiam verba de fraudes no Hospital Regional de Itapetininga, no interior paulista. “Cada um recebia, mensalmente, em torno de R$ 5 mil do total desviado das unidades daquele município”. A denúncia da promotoria afirma ainda que um jantar em comemoração ao aniversário de Caramez teria sido pago com recursos desviados da saúde.

“Estranho”
Em nota, João Caramez diz que ainda não teve acesso ao conteúdo das investigações e questionou a divulgação de seu suposto envolvimento no esquema antes de ter sido chamado para prestar esclarecimentos. “Estranho que esta suposta operação envolva meu nome sem que eu tenha sido intimado para manifestações. Assim que tiver acesso ao conteúdo da investigação, responderei com prazer aos questionamentos”. Carlos Bezerra Jr. também negou envolvimento em irregularidades.

publicidade

Vice-presidente
Na reunião de quarta, 11 (leia ao lado), prefeitos de cidades que fazem parte do Cioeste escolheram o prefeito de Osasco, Jorge Lapas, como vice-presidente do Consórcio. O chefe do Executivo de Carapicuíba, Sergio Ribeiro (PT), já havia sido escolhido presidente do órgão.

PSC
O vereador de Osasco Rogério Silva, presidente do PSC osasquense, recebeu nesta semana o pastor Everaldo Pereira, pré-candidato à Presidência da República pelo partido. Ele visitou veículos de comunicação e lideranças religiosas da cidade.

publicidade

Comentários