Visão Atenta

0

Marcelo Scalão
Osasco e Itapevi podem estar envolvidas em um esquema de superfaturamento na compra de uniformes escolares denunciado nesta quinta-feira, 20, pelo Ministério Público. O esquema foi descoberto a partir de uma planilha que indicava suposto pagamento de propina a Marcelo Scalão, atual secretário de Finanças de Osasco e, na época da investigação, pregoeiro, responsável pela licitação dos uniformes.

publicidade

Denúncia
Segundo o Ministério Público, a empresa Onze A Uniformes pagava propina a funcionários públicos para ser beneficiada em licitações. A propina seria de 10% do valor dos contratos. A Prefeitura de Osasco
informou que não foi comunicada sobre a denúncia do MP e que “até a presente data não há nada que desabone” o secretário Marcelo Scalão.

Período
A investigação sobre o suposto esquema foi de 2008 a 2011 e aponta irregularidades em contratos em dez cidades do estado. Além de Osasco e Itapevi, Guarujá, Ibitinga, Jaguariúna, Sumaré, Vinhedo, Itapeva, Registro e Bertioga.

publicidade

Partidos
No próximo dia 29, o PDT da região de Osasco promove o seu Encontro da Macrorregião Oeste da Grande São Paulo, com presença confirmada do presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e do pré–candidato ao governo do estado, deputado estadual Major Olímpio. O encontro servirá, entre outras coisas, para lançamento da macrorregião Oeste do PDT.

Congresso
Começou na terça-feira, 18, em Campos do Jordão, a 58ª edição do Congresso Estadual de Municípios, promovido pela Associação Paulista de Municípios, entidade que é presidida pelo deputado estadual Celso
Giglio (PSDB). Até este sábado, 22, acontecem palestras envolvendo a classe política do estado, como o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o pré-candidato do PT ao governo, Alexandre Padilha. Também devem
passar pelo congresso os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

publicidade

Comentários