Visão Atenta

0

Regras eleitorais
Começaram a valer dia 1º de julho algumas regras do processo eleitoral, como a obrigação dos veículos de comunicação a dar tratamento igualitário aos candidatos. A partir deste domingo, 6, estão liberados os comícios e também a campanha eleitoral pela internet. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão começam só dia 19 de agosto. A partir do dia 5 também estão suspensos os pronunciamentos oficiais em cadeia de rádio e TV.

publicidade

Alianças
Na luta pela constituição das alianças a presidente Dilma Rousseff conseguiu angariar maior apoio e terá o maior tempo na propaganda eleitoral, cerca de 12 minutos. Dos partidos que compõem sua base de apoio no Congresso, a petista perdeu o PTB, que fechou com Aécio Neves (PSDB). Dilma também deve enfrentar alguns problemas em estados onde o PMDB ficou dividido.

TV
O tucano Aécio Neves terá cerca da metade do tempo de propaganda e Eduardo Campos (PSB) deve ficar com cerca de dois minutos. O tempo exato de propaganda de cada candidato à Presidência ainda será divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

publicidade

Copa
O ex-presidente Luiz Inacio Lula da Silva conversou na quinta-feira, 3, com nove correspondentes de veículos estrangeiros no Brasil. O assunto principal foi a Copa do Mundo e seus efeitos na política. Disse que o Brasil está “orgulhoso da organização da Copa”, da qual foi o mentor político em 2007, quando o país foi escolhido como sede. “Não acho que o resultado (esportivo) da Copa possa influenciar na questão eleitoral. Eu fui eleito em 2002 vencendo o governo de então depois que a seleção venceu o Mundial e reeleito em 2006, após a eliminação na Alemanha”, lembrou .

Ronaldo
Lula afirmou ainda que muitas pessoas “queriam o fracasso da Copa” e citou o ex-jogador Ronaldo, que se declarou “envergonhado” pela organização uma semana antes da competição apesar de ser membro do Comitê Organizador Local (COL).

publicidade

Comentários