Visão Atenta

0

Incêndio
Em Osasco, o vereador de oposição André Sacco (PSDB) apresentou um requerimento onde pede à Prefeitura informações sobre o incêndio que atingiu a parte de baixo do Viaduto Metálico no último dia 14. A desconfiança do tucano acontece porque no local funcionava um arquivo da administração municipal. “Queremos saber se foi feito laudo técnico para apurar os motivos do incêncio e quais os documentos estavam guardados. Quero saber se tinha alvará do Corpo de Bombeiros e se esses documentos já foram digitalizados e o prejuízo que a cidade terá”, disse o parlamentar.

publicidade

Som no “busão”
A Câmara Municipal de Osasco realizou uma força-tarefa na terça-feira, 18, para aprovar projetos de lei. Foram 12 projetos aprovados em sessão que se estendeu até o início da noite. Um dos projetos, do vereador Josias da Juco (PSD), proíbe o uso de aparelhos sonoros dentro do transporte coletivo de Osasco. O texto prevê inclusive multa para quem ouvir música sem fone de ouvido no ônibus.

Projetos
Outro projeto aprovado é do vereador Alex da Academia (PDT) e prevê reserva de unidades térreas nos prédios de programas habitacionais realizados pela Prefeitura para pessoas com deficiência, obesos mórbidos ou portadores de HIV. Os vereadores também aprovaram projeto do parlamentar Rogério Silva (PSC), que estabelece que na capa ou contracapa do carnê do IPTU deve vir a informação de quem é isento do imposto. Todos os projetos aprovados foram encaminhados para sanção ou veto do prefeito Jorge Lapas (PT).

publicidade

Amianto
A Itália anulou, por prescrição de crime, nesta quarta, 19, a prisão do ex-presidente da Eternit Stephan Schmidheiny. Ele tinha sido condenado por desastre ambiental por uso de amianto. “A corte italiana deu muitos passos para trás numa luta mundial”, lamentou o deputado estadual Marcos Martins (PT) autor da lei que baniu o amianto em São Paulo, que acompanhou o julgamento.

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComeça temporada de vestibulares e cursos
Próximo artigocontra o privilégio