Visão Atenta: os bastidores da política de Osasco e região

Skaf em Osasco, mais traições a Lapas e a polêmica do pancadão no segundo turno da campanha

0

Paulo Skaf

publicidade

Na terça-feira, durante ato de empresários em apoio à reeleição do prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PDT), o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, minimizou o fato de Lapas ter largado atrás nas pesquisas de intenção de voto no segundo turno. “Ainda faltam 12 dias, a maioria das pessoas não definiu o voto ainda. Esqueçam esse negócio de pesquisa”, declarou Skaf. “Fui às ruas com Lapas e vi o quanto ele é querido pela população”.

Você pagou…

publicidade

3-carlao-da-habitacao-visao-atenta-site

A liderança de Rogério Lins (PTN) em pesquisas aumenta a lista de traições na chapa de Jorge Lapas. No comício de Lins realizado quarta-feira, 19, no Jardim Conceição, estavam os presidentes do PROS, Willame Cavalcante, e Carlão da Habitação, do PHS (foto). Os dois foram candidatos a vereador na chapa de Lapas. Vale lembrar que o PROS é o partido do atual presidente da Câmara, Jair Assaf, que foi reeleito.

publicidade

…com traição

3-willame-pros-visao-atenta-site

Em entrevista ao Visão Oeste em março, Willame Cavalcante (foto) falou sobre o apoio a Lapas e teceu elogios ao prefeito. “Vamos apoiá-lo porque é uma pessoa competente. O osasquense sabe a diferença do trabalho dele, com obras importantes e ações como as blitze preventivas da Guarda Civil Municipal”, disse.

Baile de favela

Uma das polêmicas da semana na campanha pela prefeitura de Osasco foram os chamados “pancadões”, bailes funk realizados nas ruas de alguns bairros. Circularam pelas redes sociais fotos de Rogério Lins nos bailes, o suficiente para a produção de memes onde ele foi chamado de “o candidato do pancadão”.

Sem ostentação

Em resposta, o candidato do PTN fez discurso na Câmara e depois no comício no Jd. Conceição contra a realização dos pancadões. “O baile funk no Conceição aterroriza as famílias há muitos e muitos anos. Não vamos permitir nenhum tipo de concentração na nossa cidade que envolva nenhum tipo de droga lícita ou ilícita”, disse.

Nota

O PT de Osasco divulgou nota nesta quinta-feira, 20, em que critica Rogério Lins e Jorge Lapas por críticas ao partido, que definiu posição de neutralidade neste segundo turno, embora os filiados tenham liberdade para escolher quem apoiar. “O Partido dos Trabalhadores vem publicamente manifestar sua estranheza e absoluta incompreensão aos atos dos candidatos a prefeito de Osasco, Jorge Lapas e Rogério Lins, em divulgar propagandas pela cidade falando mal do PT na disputa do segundo turno da eleição municipal de 2016, considerando que nosso candidato não está na disputa do segundo turno”, diz a nota.

Comentários