Visitante tenta entrar com maconha de laboratório 100 vezes mais potente no CDP de Osasco

0
drogas cdp osasco
Drogas encontradas com a visitante / Foto: divulgação/CDP Osasco

Agentes do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Osasco flagraram, neste domingo (24), uma visitante tentando entrar com embalagens da droga K4 escondidas na calça. O material ilícito é uma espécie de “maconha sintética”, produzida em laboratório, que chega a ser 100 vezes mais potente que a natural e a causar alucinações, segundo médicos.

publicidade

A droga foi detectada quando a visitante passou pelo scanner corporal, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Foram localizados na costura da cintura da calça da visitante um invólucro semelhante à maconha e 151 pedaços de papéis de “maconha sintética”.

Ao ser questionada por uma servidora, a visitante confessou que a droga seria entregue ao seu companheiro. Os materiais ilícitos foram encaminhados às autoridades policiais, no 5º DP, assim como a visitante, para registro de Boletim de Ocorrência.

publicidade

Comentários

publicidade