Vítima de ataque de cães em Osasco diz que agiu para salvar criança

José Roni Alves, de 21 anos, teve os braços e a perna mordidos pelos cachorros

0
ataque de cães em osasco
José Roni Alves, de 21 anos, teve os braços e a perna mordidos pelos cachorros / Fotos: Reprodução/SBT

Com marcas nos braços e na perna, o ajudante geral José Roni Alves, de 21 anos, é uma das vítimas dos dois cachorros que invadiram uma loja e causaram pânico nos clientes, em Osasco. Ele diz que agiu para salvar a criança que estava no estabelecimento.

publicidade

Em reportagem do SBT, José Roni contou que subiu no balcão do comércio para se proteger, mas caiu depois que um cliente colocou a filha no mesmo lugar para tentar escondê-la dos cães. Em pânico, a criança se desequilibrou e foi segurada por Roni que, enquanto tentava proteger a menina, foi brutalmente atacado pelos cachorros, das raças pitbull e pastor alemão.

“Eu pulei, joguei a criança de volta, chamei o cachorro e dei meu braço pra ele morder. Se eu não faço isso, ele teria pegado a criança na hora da queda”, contou Roni. Ele foi levado ao hospital e, ao ser liberado, fez um exame no Instituto Médico Legal.

publicidade

A tutora dos animais é vizinha da loja, vai arcar com o tratamento médico de José Roni e será investigada, de acordo com a reportagem. A vítima relatou que o medo dos animais era constante.

“Eu até falei ao meu patrão para dizer ao dono do prédio para tirar os cachorros de lá. Eles ficavam batendo no portão e latindo. Nós tínhamos medo de uma criança colocar o braço e eles morderem. Colocaram só uma telinha”, afirmou.

publicidade

Nas redes sociais, há ainda relatos de que os cães teriam feito outra vítima na rua. Uma mulher, que estava em um ponto de ônibus próximo à loja a qual os cães invadiram, também teria sido mordida.

Comentários