Vizinhos tentaram impedir que homem se jogasse do 13º andar com o filho no colo

0

Bairro Jd. Wilson, onde aconteceu a tragédia
Bairro Jd. Wilson, onde aconteceu a tragédia

publicidade

Vizinhos tentaram impedir que o professor Edemir de Mattos, de 52 anos, se jogasse do prédio em que morava no Jd. Wilson, em Osasco, com o filho de seis anos no colo, no fim da noite de segunda-feira. Os dois morreram na hora. A tragédia aconteceu após uma discussão do professor com sua esposa. Eles moravam no 13º andar.

A mulher de Edemir, Célia Pesquero, 49, relatou à polícia que, durante a briga, o marido ameaçava se matar junto com o filho. Os vizinhos disseram que as brigas entre o casal, casados há sete anos, eram frequentes. Célia foi agredida pelo marido e teve o maxilar fraturado. Ela está internada no Hospital Central Antônio Giglio.

publicidade

A Polícia Militar esteve no local por volta de 22h30, após receber chamados, mas o homem já estava no parapeito com o filho no colo.

publicidade
Comentários