Abono de R$ 1 mil a servidores na luta contra o coronavírus em Osasco será aprovado nesta terça

0
enfermeiras osasco coronavírus
Profissionais da saúde do PS Andre Sacco, no Pestana, em Osasco / Foto: Reprodução

Deve ser aprovado pelos vereadores de Osasco em sessão extraordinária online na tarde desta terça-feira (14) projeto de lei que concede abono de um salário mínimo, R$ 1.045, a servidores que estão na linha de frente na luta contra a pandemia do novo coronavírus (covid-19), em áreas como saúde, segurança e limpeza.

“Esse é um gesto como forma de reconhecimento e agradecimento ao que esses servidores, que estão na linha frente, têm feito por todos nós no combate ao coronavírus”, declarou o prefeito Rogério Lins.

“Osasco tem adotado medidas de enfrentamento à pandemia e essa é uma ação de respeito e reconhecimento ao trabalho desses profissionais que arriscam suas vidas para proteger outras. Verdadeiros heróis, nossa gratidão e respeito”, afirmou o presidente da Câmara de Osasco, vereador Ribamar Silva.

Publicidade

Além do projeto de gratificação extra, outros dois projetos relacionados à área da saúde serão votados pelos vereadores osasquenses. O primeiro dispõe sobre abertura de crédito adicional especial ao orçamento vigente no valor de R$ 84 mil para atendimento às demandas da execução de despesas relacionadas ao controle da pandemia de covid-19 na cidade.

O outro projeto prevê a criação de um código específico no orçamento vigente para a inclusão das despesas relacionadas ao coronavírus.

206 casos confirmados e 16 mortes

Até esta segunda-feira (13), Osasco registrou 206 casos e 16 mortes com confirmação por exames de covid-19, segundo boletim oficial da Prefeitura. Outros 27 óbitos com suspeita do novo coronavírus estão em investigação e 20 foram descartados.

Além disso, até esta segunda foram notificados 2.114 casos suspeitos da covid-19. Outros 571 casos notificados não pertencem ao município. Estão em análise 1418 casos. Foram descartados 427 casos por critério laboratorial.

SESSÃO REMOTA

A sessão extraordinária será realizada virtualmente, ou seja, os vereadores vão discutir e votar os projetos em suas respectivas casas, via internet.
Os trabalhos serão transmitidos ao vivo pela TV Câmara Osasco, em todas as plataformas de comunicação do Legislativo osasquense.

Para acompanhar a sessão pela TV, basta sintonizar a TV Câmara Osasco pelo canal 7 da NET ou pelo canal 3 da Megabit Telecom.

Também é possível assistir à sessão no site oficial do Legislativo, no endereço osasco.sp.leg.br.

Nas redes sociais, a sessão será transmitida pelos canais da TV Câmara Osasco no Youtube e no Facebook.

Comentários