Adolescente de Itapevi finge sequestro para ir curtir praia com amigas em Bertioga

0
adolescente itapevi bertioga
Fotos: divulgação / reprodução

Moradora de Itapevi, uma adolescente de 14 anos teria forjado o próprio sequestro para curtir a praia com duas amigas em Bertioga, na região metropolitana da Baixada Santista, no litoral paulista.

publicidade

No dia 26 de outubro, a garota entrou em contato com a família de um número desconhecido, dizendo que corria perigo e pedindo resgate.

“Eu fiz uma chamada de vídeo para ver onde ela estava. Quando ela virou a câmera, eu vi o rosto dela todo machucado”, afirmou a mãe, ao “G1”, em matéria sobre o desaparecimento da garota publicada na terça-feira (3). “Acho que ela foi sequestrada. Estou depressivo, não sei o que fazer”, disse o pai. Os parentes acionaram a polícia e realizaram uma mobilização nas redes sociais e na mídia em busca da jovem.

publicidade

Segundo o delegado titular de Bertioga, José Aparecido Cardia, a Polícia Civil realizou buscas e conseguiu rastrear o celular utilizado pela adolescente para entrar em contato com a família. Com isso, conseguiram chegar até a jovem e as amigas, na manhã desta quarta-feira (4).

“Conseguimos localizar que o telefone da vitima estaria em Bertioga e realizamo diligencias na cidade. Não houve nenhum sequestro. As vitimas estavam em Bertioga, perambulando pelas ruas da cidade”, informou Cardia, segundo o portal “Costa Norte”. “Estavam curtindo a vida”, completou.

publicidade

O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso. “As adolescentes foram resgatadas por volta das 11h15, sem nenhum tipo de abuso ou ferimentos, encontravam-se bem, e foram encaminhadas ao Conselho Tutelar. Os pais foram avisados do resultado das diligências da Polícia Civil de Bertioga e vieram até esta cidade, para levar as filhas de volta ao lar”, disse o delegado.

As garotas chegaram a Bertioga partido de Itapevi de trem até Mogi das Cruzes, onde pegaram uma van de transporte clandestino.

Comentários