Lexotan (Bromazepam) tem lote suspenso pela Anvisa

0
Lote do medicamento Lexotan (bromazepam) não passou nos estudos de estabilidade do próprio laboratório Roche
Lote do medicamento Lexotan (bromazepam) não passou nos estudos de estabilidade do próprio laboratório Roche

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da venda de um lote do Lexotan (bromazepam), medicamento fabricado pelo laboratório Roche. A suspensão refere-se ao lote RJ0874, com validade até janeiro de 2019, na apresentação comprimido de 3 mg. A medida foi publicada no Diário Oficial de hoje e determina também que a Roche recolha o estoque do produto ainda existente no mercado.

O principio ativo do Lexotan, bromazepam, é indicado em tratamentos contra o estresse e a ansiedade. O comunicado à Anvisa sobre problemas quanto à estabilidade do lote foi feito pela própria Roche. O estudo do laboratório indica se o medicamento mantém os mesmos princípios e a mesma capacidade terapêutica do início ao fim de seu período de validade.

A proibição da Anvisa colocou o lote na classificação de baixo risco à saúde, ou classe III. Essa escala varia do maior risco, classe I, ao menor, classe III. No caso desse lote do Lexotan, a agência considera que existe pouca probabilidade de que o uso ou exposição ao medicamento possa causar conseqüências adversas à saúde.

Publicidade

Comentários