Lexotan (Bromazepam) tem lote suspenso pela Anvisa

Lexotan (Bromazepam) tem lote suspenso pela Anvisa

0
Compartilhar
Lote do medicamento Lexotan (bromazepam) não passou nos estudos de estabilidade do próprio laboratório Roche
Lote do medicamento Lexotan (bromazepam) não passou nos estudos de estabilidade do próprio laboratório Roche

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da venda de um lote do Lexotan (bromazepam), medicamento fabricado pelo laboratório Roche. A suspensão refere-se ao lote RJ0874, com validade até janeiro de 2019, na apresentação comprimido de 3 mg. A medida foi publicada no Diário Oficial de hoje e determina também que a Roche recolha o estoque do produto ainda existente no mercado.

O principio ativo do Lexotan, bromazepam, é indicado em tratamentos contra o estresse e a ansiedade. O comunicado à Anvisa sobre problemas quanto à estabilidade do lote foi feito pela própria Roche. O estudo do laboratório indica se o medicamento mantém os mesmos princípios e a mesma capacidade terapêutica do início ao fim de seu período de validade.

A proibição da Anvisa colocou o lote na classificação de baixo risco à saúde, ou classe III. Essa escala varia do maior risco, classe I, ao menor, classe III. No caso desse lote do Lexotan, a agência considera que existe pouca probabilidade de que o uso ou exposição ao medicamento possa causar conseqüências adversas à saúde.

Compartilhar

Publicidade

Comentários