Após agredir homem na Câmara, Pelé da Cândida é acusado de ameaçar Dra. Régia de morte

0
Fotos: CMO

Em Osasco, a vereadora Dra. Régia (PDT) acusa o vereador Pelé da Cândida (PSC) de ameaçá-la de morte após mais um desentendimento com ele na sessão desta quinta-feira, 28, na Câmara Municipal. Ela inclusive registrou um boletim de ocorrência contra o parlamentar na Delegacia Seccional de Osasco.

“Fui ofendida e ameaçada de morte pelo vereador Paulo César Dias dos Reis, vulgo Pelé da Cândida, em sessão legislativa na Câmara Municipal de Osasco”, declarou Régia, em nota oficial.

Há poucos dias, Pelé agrediu na Câmara Messias Araújo, que mantém um jornal na cidade. Depois disso, Pelé solicitou que apenas jornalistas com registro no Ministério do Trabalho ficassem na área destinada à imprensa durante as sessões. Nesta quinta, ele se irritou com Régia após ela ter sido designada para verificar as credenciais dos profissionais.

Publicidade

De acordo com a vereadora, Pelé, “claramente alterado, desferiu para esta parlamentar, palavras de baixo calão em termos impublicáveis. Além da falta de decoro, fui ameaçada de morte por mais de uma vez dentro da Câmara Municipal de Osasco em sessão legislativa”.

Pelé da Cândida ainda não se manifestou sobre o episódio, que pode levá-lo à Comissão de Ética da Câmara.

Trinca
Em nove meses de mandato, é a terceira vez que Pelé da Cândida se envolve em agressões verbais ou físicas na Câmara Municipal de Osasco.

Em março, durante uma sessão, ele chamou o ex-vereador Valdomiro Ventura de “lixo”, “canalha”, “covarde” e disse que vinha recebendo ameaças do ex-parlamentar, que não rebateu às ofensas e acusações.

Comentários