Arena Barueri será terceirizada

0
arena barueri
Divulgação

A Prefeitura iniciou processo de terceirização da Arena Barueri, a fim de economizar recursos utilizados pelo município para manter o estádio. “É um grande passo para uma gestão mais eficiente, moderna e com maior economicidade dos recursos públicos. Isso significa mais desenvolvimento, mais investimentos e mais conteúdos de qualidade para a Arena Barueri, com menos gasto público”, afirma o secretário municipal de Esportes, Tom Moisés.

publicidade

As regras para a terceirização foram publicadas no Diário Oficial de Barueri. Foi instituída uma comissão de avaliação do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para acompanhar a publicação e os prazos, as visitas técnicas ao Estádio, esclarecer dúvidas dos interessados e analisar os projetos recebidos.

Ficará a cargo do PMI a determinação de data, local e duração de reuniões previamente agendadas e ela poderá solicitar assessoria técnica de outros especialistas para subsidiar os trabalhos. O PMI, vinculado à Secretaria de Esportes, será composto por dois representantes da própria Secretaria (Antônio José Geraldes Joaquim e Fábio Athanásio Ivanov); dois da Secretaria de Obras (Fabiana de Azevedo Hashimoto e Rosana Cardoso Rocha Zanetti) e dois da Secretaria de Finanças (Cristiane de Chiatto Tijon e Raul Costa).

publicidade

O secretário Tom Moisés afirma que a terceirização vai aumentar as melhorias no estádio. “Atualmente, a Arena Barueri é muito utilizada com jogos de diversos campeonatos, mídia, transmissão pelas TVs e notoriedade para a cidade, com a vinda de muitas pessoas, gerando o aquecimento do comércio local, além de servir como polo de aulas e atividades esportivas, Centro de Fisioterapia de excelência, polo de vacinação contra a Covid-19, Centro de atendimento Pós-Covid, dentre outros serviços. Mas queremos mais, como um gramado sintético profissional e de alta tecnologia, shows internacionais e grandes eventos”, afirma.

publicidade

Comentários