Barueri homenageia moradores e servidores mortos pela covid-19

0
Barueri homenageia moradores e servidores mortos pela covid-19
Algumas das vítimas fatais da covid-19 em Barueri / Foto: reprodução

Neste domingo (10), a Prefeitura de Barueri fez uma homenagem aos servidores e moradores do município que morreram em decorrência do novo coronavírus (covid-19).

publicidade

“Ele já descansa na Sua glória e o que nos resta agora, Senhor, é chorar e sentir saudade do nosso amigo. Coloque, Deus, na Tua presença a vida de todos os servidores da saúde e de todos aqueles que estão na linha de frente.”

Com essa oração, amigos, familiares e colegas de trabalho despediram-se, na manhã de sábado (9), de Jony Henrique Garcia, de 50 anos, que era motorista de ambulância de Barueri e morreu na última sexta-feira.

publicidade

Com os protocolos de segurança adotados por conta da pandemia do novo coronavírus, não há velórios e a despedia teve que ser simples e improvisada. Após o cortejo desde o Hospital Municipal, apenas uma parada na Praça da Saudade (Vila São Francisco), onde está localizado o Cemitério Municipal Álvaro Quinteiro Vieira, para orações e uma salva de palmas, antes de o carro funerário subir as alamedas para o sepultamento.

Os colegas já conheciam o procedimento desde o falecimento, no dia 2 de abril, do também motorista de ambulância Valdemir da Conceição Oliveira, que tinha 52 anos.

publicidade

E o sábado terminou ainda mais triste na cidade com a notícia das mortes de Frederico Sadocco Neto, classe distinta da Guarda Municipal, e Maria de Lourdes da Silva, técnica de enfermagem do Programa de Atendimento Domiciliar – PAD, ambos com 52 anos.

gcm de Barueri morre com coronavírus
Sodocco integrava a Guarda Municipal há 25 anos / Foto: reprodução redes sociais

Atuando na linha de frente do combate à covid-19, os profissionais de saúde, e também os de segurança, estão mais expostos ao contágio e arriscam suas vidas para cuidar do próximo.

Por estarem em ambientes hospitalares ou nas ruas, muitos acabam privados do próprio convívio familiar evitando abraços, afagos e beijos e até dormindo em veículos ou em outros cômodos. Tudo isso para não colocar os familiares em risco e em meio ao estresse emocional e à alta carga de trabalho.

Mais do que números, estatísticas ou dados, os que perderam a vida têm nome e história, têm família e amigos. São pais, mães, filhos, avôs, irmãos, e agora passam a figurar o memorial de heróis da cidade.

“Neste momento de tanto sofrimento, sentimo-nos impotentes para tomar qualquer atitude que minimize a dor dos familiares. São perdas irreparáveis. Estamos nos colocando à disposição dos familiares em tudo que entenderem que possamos contribuir. Recebam nossos profundos sentimentos de pesar, tristeza e solidariedade”, declarou emocionado o prefeito de Barueri, Rubens Furlan.

Regina Mesquita, secretária de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri, lamentou a morte do CD Sadocco e reafirmou o compromisso da Guarda em fiscalizar e orientar a população sobre a quarentena.

“Sadocco dedicou 25 anos da sua vida ao enfrentamento à criminalidade pela Guarda Municipal, onde ingressou ainda na primeira turma. Sempre dedicado, de conduta exemplar e querido por toda a tropa, ele teve a vida abreviada por esse inimigo invisível. É nosso dever, em sua memória e pela nossa responsabilidade junto à sociedade, seguir combatendo”, salientou a secretária.

Na foto, estão os servidores de Barueri que morreram em decorrência do novo coronavírus:

Valdemir da Conceição Oliveira – motorista de ambulância, falecido em 2 de abril, aos 52 anos;

Katia Kohler – médica ginecologista na UBS do Engenho Novo, falecida em 12 de abril, aos 58 anos;

Paulo Sérgio Gonzales – médico clínico geral na UBS do Jardim Audir, falecido em 16 de abril, aos 60 anos;

José Gervásio Garcia Neto – técnico de enfermagem na UBS da Aldeia de Barueri, falecido em 24 de abril, aos 64 anos;

Givaldo Soares da Silva – enfermeiro no Pronto-Socorro Central, falecido em 4 de maio, aos 49 anos;

Jony Henrique Garcia – motorista de ambulância, falecido em 8 de maio, aos 50 anos;

Frederico Sadocco Neto – guarda municipal classe distinta, falecido em 9 de maio, aos 52 anos;

Maria de Lourdes da Silva – técnica de enfermagem do Programa de Atendimento Domiciliar – PAD, falecida em 9 de maio, aos 52 anos.

Comentários