“Bolsa do Povo” vai pagar R$ 500 por mês para pessoas de baixa renda trabalharem em escolas

0
escola estadual osasco
Escola Estadual Ricardo Genésio da Silva (antiga Cipava II) /Foto: Google Maps

O governo de São Paulo vai encaminhar à Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (7), um projeto de lei que cria o programa Bolsa do Povo. A iniciativa visa oferecer uma bolsa-auxílio de R$ 500 mensais para pessoas em vulnerabilidade social que trabalharem por 4 horas diárias em escolas e demais equipamentos do estado durante a pandemia de covid-19.

publicidade

Segundo a proposta, o investimento previsto para o Bolsa do Povo é de R$ 1 bilhão até o fim deste ano. Para entrar em vigor, o texto precisa ser aprovado pelos deputados estaduais. “Esperamos que em até 45 dias que o projeto possa ser deliberado. E a partir daí, final de maio, começo de junho, cadastramento, lançamento do cartão”, destaca o vice-governador Rodrigo Garcia, ao G1.

Na área da educação, por exemplo, poderão ser contratados ao menos 20 mil pais e mães de alunos, que poderão prestar serviços nas escolas públicas, de segunda a sexta-feira. A jornada de trabalho será de 4 horas diárias, totalizando 20 horas semanais. Os contratados poderão atuar ainda nos departamentos de cultura, economia criativa, esporte, entre outros.

publicidade

O Bolsa do Povo deve reunir programas sociais do estado, como Bolsa Aluguel Social, Bolsa Trabalho, Bolsa Renda Cidadã, Bolsa Auxílio Via Rápida, Ação Jovem, entre outros já existentes. A proposta, que será enviada à Alesp ainda hoje, prevê o pagamento do auxílio mensal de R$ 500 por meio de cartões físicos e digitais.

Com a aprovação do Bolsa do Povo, estado irá ainda ampliar os valores dos benefícios atuais de dois programas já existentes, passando de R$ 80 para R$ 100. O aumento será para o Ação Jovem, voltado para estudantes de 15 a 24 anos para que permaneçam nos estudos, e o Renda Cidadã, que também atende pessoas de baixa renda.

publicidade

OPORTUNIDADES// Com unidades em Cotia e São Paulo, Hospital São Camilo abre 250 vagas de emprego

Comentários