Bolsonaro lembra morte de Che Guevara: “legado só inspira marginais, drogados e a escória da esquerda”

1
che guevara bolsonaro
Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro relembrou a morte do ícone da esquerda Ernesto “Che” Guevara, um dos líderes da revolução cubana, que completou 53 anos nesta sexta-feira (9).

publicidade

Bolsonaro declarou nas redes sociais: “9 de outubro – Morria na Bolívia o facínora (sic) comunista Che Guevara, cujo legado só inspira marginais, drogados e a escória da esquerda. Com seu fim, o comunismo perdia força na América Latina, mas voltaria via Foro de SP, o qual seguimos combatendo”.

O presidente brasileiro destacou ainda que na noite desta sexta-feira, às 21h30, tem Brasil x Bolívia na estreia das Eliminatórias da Copa de 2022.

publicidade

publicidade

Comentários