Cachorro agredido por segurança da CPTM em Osasco é resgatado e vereador chama agressor de “vagabundo”

0
cachorro agredido cptm osasco
Fotos: reprodução / divulgação

O cachorro que foi agredido por um segurança na estação da CPTM de Osasco foi acolhido por comerciantes e resgatado nesta quarta-feira (28) pelo vereador osasquense Ralfi Silva e a equipe do delegado Bruno de Lima, ativistas da causa animal.

publicidade

Indignado com as imagens que repercutiram nas redes sociais, Ralfi chamou o segurança que aparece agredindo o animal, que recebeu o nome de Bob, com uma espécie de cordão de “vagabundo”. “O Bob foi brutalmente agredido ontem por aquele vagabundo segurança da CPTM. A doutora já está examinando ele para ver se tem alguma sequela e depois, ele vai tomar um banho. Se estiver tudo bem, vamos colocá-lo para adoção”, explicou o vereador, em vídeo publicado nas redes sociais.

De acordo com Bruno de Lima, o procedimento correto a ser tomado pelo funcionário seria entrar em contato com o departamento de Bem-Estar animal de Osasco. “Uma covardia. Recebemos a informação de que eles [funcionários da CPTM] jogaram esse animal na rua. [Vamos registrar um boletim de ocorrência sobre o caso para que essa situação não fique impune”, destacou.

publicidade

Bob foi levado à clínica veterinária Amor e Patas. As equipes que resgataram o animal acreditam que ele tenha dono. “Ele está de coleira, está gordinho e é um animal extremamente dócil. Com certeza deve ter uma família desesperada a trás dele. Se não localizarmos a família dele, aí sim ele vai para adoção”, destacou Ralfi.

Eduardo Duarte, agente da equipe do delegado Bruno de Lima, disse que foi aberto um processo administrativo para apurar o caso e responsabilizar o segurança que agrediu o animal.

publicidade

Comentários