Carapicuíba: mulher confessa que matou namorado a facadas e é liberada após depoimento

0
suspeita de matar namorado -osasco
Após prestar depoimento, Aryani foi encaminhada ao IML de Osasco / foto: reprodução

Em depoimento após se entregar no 2º DP de Carapicuíba, nesta terça-feira (4), a vendedora e musa da bateria Aryani Menni confessou ter matado o namorado, Leandro Honorato da Silva, de 35 anos, com golpes de faca e alegou legítima defesa.

publicidade

Ela foi liberada após depor. A delegada Márcia Iannotti Souza, do DP de Carapicuíba, investiga o caso e poderá solicitar ou não a prisão da Aryani, que foi indiciada por homicídio.

Segundo Aryani, após voltarem de uma balada, o casal teve uma discussão e, além de agredi-la, Leandro tentou estrangulá-la. Para se defender, ela diz que o atingiu com facadas no ombro e próximo ao peito. A família de Leandro, que era motorista de caminhão, diz que ela tinha ciúme excessivo dele.

publicidade

Após a morte do namorado, Aryani tomou banho, trocou de roupa e fugiu. Depois, ligou para a mãe de Leandro dizendo que havia matado o filho dela após ter sido agredida.

De acordo com a advogada da musa de bateria, ela se apresentou à polícia com cortes na coxa esquerda, no antebraço esquerdo e marcas de estrangulamento, que alegou terem sido feitas por ele na noite do crime.

publicidade

Após prestar depoimento de aproximadamente 40 minutos, Aryani foi encaminhada ao IML de Osasco para fazer exame de corpo de delito e liberada em seguida. O resultado do exame deve sair em 15 dias.

Comentários