“Ele disse para eu ter calma e depois morreu”, diz companheira de jovem morto com a filha em acidente na Castello em Santana de Parnaíba

0
pai e filha mortos acidente castello santana de parnaiba
Thamyres teve apenas ferimentos leves; a pequena Hillary e o pai, Matias, morreram no acidente / Foto: reprodução/arquivo pessoal

Thamyres Martins Dias, de 17 anos, estava no carro com o companheiro, Matias Oliveira Soares, 22, e a filha dele, Hillary Ester Vieira da Silva Soares, 6, quando um acidente tirou a vida de pai e filha, na altura do Km 38 da rodovia Castello Branco, em Santana de Parnaíba, na última sexta-feira (22). Thamyres sofreu apenas ferimentos leves e se recupera em casa.

publicidade

Após ser atingido na lateral por outro veículo, o carro em que os três estavam capotou, invadiu a pista contrária e bateu em outro veículo. “Nosso carro girou, bateu em uma placa e foi para outra pista. Não sei se foi o nosso carro que bateu na hora, mas lembro que o carro girava. Eu falei com ele, perguntei o que estava acontecendo e ele disse para eu ter calma. Disse isso e depois morreu”, contou Thamyres, ao portal “g1”.

A jovem afirma que Matias deixa apenas boas recordações. “Ele sempre esteve comigo em todos os momentos, apenas deixou lembranças boas. Ia fazer um ano em dezembro, agora, que estávamos morando juntos. Era uma pessoa muito querida, amada por todos, vivia alegre”.

publicidade

O casal morava junto em Santana de Parnaíba. No dia do acidente, eles levavam a filha dele a Araçariguama, cidade em que Hillary morava com a mãe. Matias era considerado um pai bastante amoroso, como declarou a irmã dele, Pamela Freire: “Meu irmão fazia de tudo pela filha, era um amor incondicional. Tão bonito os dois juntos. O sorriso dos dois era felicidade estampada. Ela era uma menina meiga. Quando falamos dele estamos falando dela. Ele ajudava todo mundo, era muito carinhoso”, lembrou ela, também ao “g1”.

publicidade

Comentários