Em Osasco, Haddad se recusa a comentar ataque de Ciro

Em Osasco, Haddad se recusa a comentar ataque de Ciro

1
Compartilhar
O candidato do PT à presidência, Fernando Haddad, discursa durante ato no calçadão de Osasco / Foto: Lucas Alves/Visão Oeste

O candidato do PT à presidência, Fernando Haddad, participou de caminhadas em busca de votos em Carapicuíba e Osasco na manhã desta quinta-feira (13). Em entrevista coletiva, ele se recusou a comentar o ataque do adversário Ciro Gomes (PDT), que tenta colar à imagem do petista à da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Publicidade

“Nós adotamos uma estratégia até o final de campanha de só falar de propostas, de só comparar propostas. Ataque pessoal nós não vamos responder”, declarou Haddad, após ser questionado sobre as declarações de Ciro.

O candidato do PDT disse ontem, em referência ao petista, que “o Brasil não aguenta outra Dilma, uma pessoa que é indicada”. Ciro afirmou ainda que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “perdeu sua visão genial da realidade porque está isolado na prisão e cercado de puxa-sacos”.

Propostas

Em Osasco, Haddad também falou sobre propostas para as regiões metropolitanas de todo o país, como ceder terrenos do governo federal em regiões metropolitanas para a construção de moradias pelo Minha Casa, Minha Vida e adotar medidas para baratear o preço das passagens de transporte coletivo, especialmente em municípios vizinhos às capitais.

O petista afirmou ainda que vai mudar a política de preços dos combustíveis adotada pelo governo de Michel Temer (MDB), para reduzir o valor para o consumidor.

Publicidade

Durante caminhada no calçadão de Osasco, Haddad e lideranças petistas cantaram, junto a um sanfoneiro simpatizante, um trecho da canção “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga. Assista abaixo:

 

Haddad, Suplicy, Tatto e Marinho por Lula e #haddadpresidente no calçadão de Osasco.

Publicado por Fernando Haddad em Quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Compartilhar


Comentários