Enfermeira acusada de desviar 3 doses de vacina pode ser multada em R$ 383 mil

0
vacina covid
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Uma enfermeira acusada de desviar três doses de vacina contra a covid-19 pode ser condenada a pagar multa no valor de R$ 383,7 mil. É o que prevê ação ajuizada nesta segunda-feira (22) pela Promotoria de Justiça de Santa Isabel, na Grande São Paulo, que pede a concessão de liminar para bloquear os bens da enfermeira Thais Andrade de Lima.

publicidade

O pedido, feito pela promotora Ana Paula Freitas Vilela Leite, engloba também Maria Amelia Menezes Hespanha, Margareth Aparecida Scordamaglio e Rosemari Rita Scordamaglio, acusadas de serem as destinatárias indevidas dos imunizantes desviados. No processo, o MPSP pleiteia ainda a condenação das quatro mulheres por improbidade administrativa.

A petição inicial relata que Thais, então funcionária de uma UBS, inseriu informação falsa em documento público identificando as outras três mulheres como profissionais de saúde. Contudo, ficou comprovado que elas não atuam no setor, não fazem parte do grupo prioritário e não residem em Santa Isabel, mas na capital paulista.

publicidade

Procedimento de sindicância instaurado internamente para apurar os fatos já levou à demissão da enfermeira.

publicidade

Comentários