Estação de tratamento de esgoto na zona Norte de Osasco deve ser construída em 2022

0
estação de tratamento de esgoto osasco
Foto: Marcelo Deck

A Sabesp obteve licença ambiental da Cetesb para construir a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no Parque Glauco Villas Boas, uma das principais áreas de lazer da zona Norte de Osasco, localizada no Jardim Três Montanhas.

publicidade

De acordo com a Prefeitura de Osasco, as obras devem ser iniciadas no primeiro trimestre de 2022, com instalação e início da pré-operação para cerca de seis meses. Cerca de 500 famílias serão beneficiadas.

Com a estação de tratamento, os efluentes serão tratados no próprio local, evitando a necessidade de uso de outras tecnologias para despoluição do lago. A companhia também já finalizou as redes coletoras no bairro para captar os dejetos. Com isso, aproximadamente 5 litros de esgoto por segundo deixarão de ser despejados no lago.

publicidade

O projeto da Prefeitura prevê ainda a revitalização do parque. No local será construída pista de caminhada no entorno do lago, quadra poliesportiva, sanitário, espaço pet, estacionamento, playground, academia ao ar livre e nova iluminação com lâmpadas led. O lago também deverá ser cercado para evitar acidentes, como afogamentos.

Ampliação da rede coletora

A instalação de rede de esgoto no Três Montanhas está no pacote de obras de ampliação do sistema na zona Norte de Osasco e contempla ainda bairros como Vila Menck, Baronesa, Rochdale, Munhoz Junior, Mutinga, Portal D’Oeste, Vila Ayrosa, Bonança e Helena Maria.

publicidade

Até o fim de 2021, a administração municipal estima assentar cerca de 17 km de rede coletora na cidade, mantendo o maior percentual na zona Norte. Com isso, cerca de 3.500 imóveis da região já estarão com novas ligações de esgoto em operação, realizando a coleta de esgoto na casa dos munícipes.

De acordo com a Sabesp, estão previstos investimentos de mais de R$ 500 milhões para ampliação e melhorias no esgotamento sanitário de Osasco no decorrer do contrato de concessão.

Em 2020 foram assentados 11 km de redes coletoras de esgoto no município, sendo 8 km na zona Norte e 3 km na zona Sul. Ainda no ano passado, a companhia realizou 8.800 ligações à sua rede de esgoto, beneficiando cerca de 40 mil moradores.

Osasco conta atualmente com mais de 852 kms de rede coletora de esgoto, o que equivale a 86% do índice de cobertura de esgoto, com mais de 152 mil imóveis conectados. A Sabesp também está construindo na cidade o Interceptor ITi-5 na região do Jardim Piratininga. Esse sistema permitirá encaminhar o esgoto coletado para a Estação de Tratamento de Esgoto de Barueri.

Comentários