Fã de Eliana que aterroriza sede do SBT, em Osasco, desabafa: “Fui chamado de maníaco”

1
João Helde posa em frente a seu antigo carro com adesivo com a foto de Eliana no capô / Foto: reprodução/arquivo pessoal

Fã de Eliana desde a infância, João Helde Carlos Junior, de 35 anos, desabafou após a notícia de que é motivo de um esquema especial de segurança na sede do SBT, em Osasco, por medo de que ele faça algo contra a apresentadora ou profissionais da emissora.

publicidade

“Depois dessas notícias (que circulam desde o início do mês), eu fiquei três semanas sem sair de casa, fiquei trancado com medo de alguém me matar. Não conseguia olhar minha sombra que ficava assustado. Passei receber ameaças 24 horas por dia nas redes sociais. Já fui chamado de safado, maníaco, já ouvi que iam me pagar na rua”, disse ele, em entrevista ao iG.

João é acusado de perseguir a apresentadora, rasgar o vestido dela ao posar ao lado de Eliana para foto quando foi à plateia do programa, em 2017, e ameaçar de morte o chefe de segurança do SBT. Com isso, foi impedido de entrar na emissora. O fã nega as acusações: “Não sei de onde surgiu essa história. Queria que cada pessoa que está me acusando tivesse condições de provar”, afirmou, ao iG.

publicidade

João Helde já teve inclusive um carro adesivado com a foto de Eliana no capô. Teve de vender o veículo e alugar outro para trabalhar como motorista de aplicativo. Ele mora na zona Leste de São Paulo, mas vem fazer corridas em áreas próximas à emissora, em Osasco.

Em seu perfil no aplicativo, João Helde declara: “Quero muito um dia poder conhecer a Eliana pessoalmente, por isso trabalho na Uber”. No entanto, o fã passou a ser proibido de pegar passageiros no SBT.

publicidade

Ele publicou vídeos no Youtube dizendo que foi maltratado por funcionários do SBT e chegou a chamar o chefe da segurança da emissora de “bandido”. Funcionários da emissora já fizeram corridas com ele e relatam que ele pede para saber informações pessoais de Eliana, como endereço e telefone.

O fã fez diversas ligações para variados departamentos do SBT para pedir para entrar em contato com Eliana.

A emissora não comenta o caso.

“Tudo que eu mais quero na minha vida é poder ir na plateia dela assim como todos”

João Helde chegou a publicar uma queixa no site “Reclame Aqui” por não conseguir se aproximar de Eliana: “Meu nome é João Helde Carlos Junior, sou muito fã da apresentadora Eliana. Desde 2017 tenho tentado realizar esse sonho. Ligo diariamente, porém em todas as ligações sou muito maltratado por funcionários, que dão risada da minha cara e na maioria das vezes desligam o telefone na minha cara. Nunca fui tão humilhado pela Carla, pela Larissa, e quando peço para falar com a Mercia ou com o Roque eles ficam jogando de um lado para outro. Isso vem acontecendo há anos. Tudo que eu mais quero na minha vida é poder ir na plateia dela assim como todos. Estou entrando com uma ação pedindo danos morais e calúnia, difamação. Fui caluniado por funcionários”.

Ana Hickmann

Aterrorizados com o comportamento de João Helde, muitos funcionários chegam a cogitar o risco de uma tragédia como a ocorrida com a também apresentadora Ana Hickmann, em 2016, quando um fã obcecado acabou morto após invadir o quarto dela em um hotel em Belo Horizonte e ameaçá-la de morte.

Comentários