Família pode perder a guarda de criança de um ano filmada fumando narguilé em Santana de Parnaíba

0
bebe narguile
Reprodução

A família pode perder a guarda da criança de menos de dois anos que aparece em vídeo fumando narguilé, oferecido pela prima, de 18 anos, em Santana de Parnaíba.

publicidade

A Delegacia da Mulher da cidade e o Conselho Tutelar investigam o caso. A menina, que completará dois anos em julho, foi submetida a exames toxicológicos para detectar se ela foi submetida a outras substâncias indevidas.

Após os resultados, a Justiça vai decidir sobre o destino da criança. Em meio à indefinição, a criança foi encaminhada a um abrigo, segundo reportagem do “Cidade Alerta”, da Record TV.

publicidade

Ludmila, a prima que ofereceu o narguilé à bebê, disse que tratava-se de uma “brincadeira” e que a mãe da criança não teve conhecimento da prática. “O que eu fiz não foi certo. Ela é uma criança ainda e isso não se faz. Foi uma brincadeira, de impulso, não sabia que ia causar tudo isso que causou, colocando minha família em risco”, declarou, na terça-feira (6), ao “Cidade Alerta”.

criança narguilé santana de parnaíba
“Foi uma brincadeira, de impulso, não sabia que ia causar tudo isso que causou”, diz prima

De acordo com a prima, foi a primeira vez que os jovens “brincaram” desta maneira com a bebê, apesar da naturalidade demonstrada pela criança com o narguilé.

publicidade

Ludmila disse ainda que tem recebido ameaças após o vídeo viralizar. “Queria que parassem de me julgar, todo mundo erra. Estou recebendo ameaças, com o pessoal falando que vai vir me matar, que vem atrás da minha mãe. Não precisa disso”.

Comentários