Fechamento de shoppings recomendado pelo governo de SP pode levar a quebradeira de lojas

0
shopping
Foto: reprodução

A Associação Brasileira dos Lojistas Satélites (Ablos) afirma que, se os shoppings da Grande São Paulo cumprirem a recomendação do governo estadual e ficarem fechados do dia 23 de março até o fim de abril, haverá uma quebradeira nas pequenas e médias lojas dos empreendimentos.

publicidade

Para Tito Bessa, presidente da Ablos, mais de 80% dos pequenos e médios lojistas dos shoppings afetados podem quebrar. “Se os shoppings fecharem, então fechou o ‘registro da água’. Não tem mais nada entrando. O pouco dinheiro que o lojista tem em caixa vai servir para pagar funcionário. Não tem como pagar aluguel, nem dívida, nem imposto”, disse, ao Uol. A Ablos representa 95 marcas associadas. Juntas, elas têm 5.000 pontos de vendas no país.

A recomendação do governo do estado para que os shoppings fiquem fechados foi feita nesta quarta-feira (18), como uma das medidas de combate á proliferação do novo coronavírus (covid-19).

publicidade

Ainda de acordo com reportagem do Uol, em caso de fechamento total os shoppings terão problemas para receber o aluguel, até mesmo de grandes varejistas, já que parte do aluguel costuma ser calculado a partir de um percentual de vendas. Ou seja, se não há vendas, não há o pagamento dessa parte do aluguel.

publicidade

Comentários