Formada em Barueri, banda CPM 22 confirma desligamento de baterista após acusações de pedofilia

0
japinha cpm 22
Foto: divulgação

A banda de rock CPM 22 anunciou, nesta segunda-feira (17), o desligamento do baterista Japinha. O integrante estava afastado da banda, formada em Barueri e em atividade desde 1995, após uma acusação de pedofilia ser exposta nas redes sociais, em junho deste ano.

publicidade

O desligamento de Japinha foi informado nas páginas oficiais da CPM 22 em um comunicado assinado pelo vocalista Badauí. “Chegamos à conclusão que esse tipo de conduta não condiz com o que acreditamos e com o que a banda defende. Dito isto, venho aqui comunicar que, após uma conversa franca, entre nós, olho no olho, o Japinha está sendo desligado do CPM22”, escreveu.

Após a confirmação de seu desligamento, Japinha pediu que seus fãs e seguidores não compartilhem mensagens agressivas direcionadas aos integrantes da banda. “Embora tenhamos tido divergências, o meu amor pela banda será eterno, afinal são 21 anos de CPM22 e a banda estará eternamente tatuada em minha alma. Seguirei em frente e conto única e exclusivamente com o apoio e carinho incondicional de todos vocês para novos projetos”, declarou nesta segunda-feira, no Instagram.

publicidade
japinha cpm 22
Foto: reprodução/Instagram

Em junho, foram expostas nas redes sociais mensagens que mostram o baterista conversando com uma fã que dizia ter 16 anos. Na época da conversa, em 2012, o Japinha tinha 38 anos. Ainda nas redes sociais, ele chegou a confirmar a veracidade das informações.

Em entrevista ao G1, Japinha disse que estava em um clima de paquera com a jovem, mas que não chegou a vê-la pessoalmente. “Ela veio me procurar. Aí eu perguntei se ela tinha namorado. Ela falou que sim. Aí eu recuei. Brinquei e falei que não, eu tinha ciúmes. E aí ela falou que tinha 16 também, aí que eu recuei mais. Eu não tenho essa mania. Eu não gosto. Na estrada, chegava ao ponto de eu pedir RG para as meninas para não ter que tomar nenhum susto nesse sentido”.

publicidade

“Conversar não mata ninguém. Eu não fiquei falando que queria… Tudo bem, teve um papo lá de virgindade. Eu até brinquei em relação a virgindade. Mas nunca querendo… sabe?”, completou.

O CPM 22 foi formado em 1995, em Barueri. Japinha entrou na banda em 1999.

Comentários