Golpistas misturam álcool comum com gel de cabelo para fazer álcool em gel falso, alerta delegado

0
alcool gel
Foto: reprodução

A Polícia Civil prendeu seis homens, na tarde de sexta-feira (20), durante operação para combater a venda de álcool gel possivelmente adulterado. Foram confiscados mais de 200 tubos e frascos da substância que seria comercializada por vendedores ambulantes na Capital.

Uma equipe da 1ª Delegacia Seccional (Centro) investigava a comercialização de produtos irregulares, conseguiu detectar pontos de vendas ilegais relacionados à promessa de prevenção do novo coronavírus (covid-19) e realizou as diligências para apreensão das mercadorias.

De acordo com o delegado Roberto Monteiro, os produtos estavam sendo vendidos sem qualquer certificação ou prova de origem. “Temos notícias de pessoas misturando álcool comum com gel de cabelo, para fazer o falso álcool em gel”, explicou.

Publicidade

Os itens confiscados foram encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para perícia, que comprovará a adulteração das substâncias. O grupo foi preso em flagrante e responderá por falsificar ou adulterar produtos medicinais/terapêuticos, e permanecerão presos.

“Nós estamos em um momento muito delicado para a sociedade brasileira, onde todos precisam colaborar, onde precisa haver união”, comentou o delegado, que enfatizou a importância da conscientização durante a pandemia do novo coronavírus.

Comentários