Homem que estuprou e esfaqueou enteada em Osasco já tinha passagens pela polícia por tentar assassinar mulheres

0

O barman Junior Cesar da Silva, que está foragido desde sábado (21) após estuprar e esfaquear L.S, de 19 anos, filha da namorada dele, no Munhoz Júnior, em Osasco, já tinha outras duas passagens pela polícia por tentativa de homicídio contra mulheres. A jovem continua internada em estado grave no hospital.

publicidade

A primeira passagem de Junior Cesar pela polícia por tentativa de homicídio aconteceu há alguns anos, contra uma ex-companheira. A segunda, no ano passado, contra a atual namorada, mãe de LS. Nas duas vezes, ele utilizou facas nos crimes, segundo reportagem da Band.

Selfie tirada por Junior Cesar com a namorada e a filha dela minutos antes do crime

“Capaz de tudo”

Devido ao histórico problemático do relacionamento, a mãe da garota, K.A chegou a ser acusada por conhecidos de conivência com Junior Cesar, que também era mal visto pela família dela. “A gente sabia que ele era capaz de tudo, mas achávamos que ele podia fazer isso com a minha irmã (K.A, a namorada), não com a filha dela”, disse uma tia da vítima à Band.

publicidade

Por meio das redes sociais, K.A se defendeu e declarou que, inclusive, chegou a ser impedida de visitar a filha no hospital, “pois os médicos acharam que fui conivente com o ato de crueldade. Jamais faria isso”.


“Minha filha estava em casa comigo, ele fez tudo de caso pensado. Sei que muitos vão me julgar, mas sei de meu coração e o que realmente acontece. Peço que continuem orando por ela, para que se recupere e tudo seja esclarecido”, declarou a mãe da jovem.

publicidade

Na noite do crime, o barman teria pedido para a namorada ir comprar um vinho para eles beberem. Então, aproveitou a saída dela de casa para atacar L.S, que mora com uma avó paterna e estava visitando a mãe.

Fuga

Um vizinho e a própria mãe dela chegaram e presenciaram ele esfaqueando a jovem. “A própria mãe chegou na casa e ele a agarrou pelo pescoço [após atacar L.]”, contou uma tia da garota.
De acordo com o Boletim de Ocorrência, L. foi esfaqueada na região da nuca, tórax e braços.

Uma pessoa próxima à família teria ouvido um barulho vindo de um dos cômodos da casa e ido ver se havia algum problema. Chegando lá, encontrou Junior com a roupa ensanguentada ao lado de L., caída no chão e sangrando. Junior Cesar fugiu logo depois, com sua motocicleta, uma Honda CG/125 Fan preta.

Comentários