Homem que matou mulher a marretadas em Osasco havia ameaçado assassiná-la antes do Natal

5
Foto: reprodução/"SBT Notícias"

As ameaças de morte vindas do próprio marido eram frequentes na rotina de Maria Joseane Macena da Silva, de 51 anos. A família não levava a sério. Nas últimas semanas, ele prometia matá-la antes do Natal. E, na semana passada, Valdemir Ramos da Silva, de 62 anos, cumpriu a promessa e assassinou a mulher a marretadas, na casa onde o casal vivia, na zona Norte de Osasco.

publicidade

Os filhos chegaram a socorrer a mãe, que foi levada ao Hospital Regional de Osasco, mas não resistiu aos ferimentos.

Ele acusava a mulher de trai-lo, o que a família nega. Maria Joseane também teria sido vítima de agressões do marido ao longo do casamento.

publicidade

O genro chegou a gravar o homem ameaçando matar a esposa: “Ou ela me respeita ou eu mato ela”, diz Valdemir na gravação, divulgada pela reportagem do “SBT Notícias” (assista abaixo). O homem já tinha passagens pela polícia por roubo e tráfico de drogas.

publicidade

Comentários