Hospital de Osasco: Prefeitura prorroga contrato emergencial e prepara seleção de nova...

Hospital de Osasco: Prefeitura prorroga contrato emergencial e prepara seleção de nova administradora

0
Compartilhar
Hospital-Antonio-Giglio-Osasco - Leandro Conceição3
Foto: Lana Alves/Visão Oeste

A Prefeitura de Osasco prorrogou por mais 120 dias o contrato emergencial com a atual administradora do Hospital Municipal Antônio Giglio, a Associação Irmandade da Santa Casa de Misericórdia Pacaembu. Serão repassados R$ 33,6 milhões à organização social pelo período, que se encerra em dezembro.

Paralelamente, a administração municipal lançou chamamento público para a seleção de nova organização social para administrar o Antonio Giglio. Em breve deve ser publicado edital para o processo seletivo.

A Santa Casa de Misericórdia Pacaembu assumiu a gestão hospitalar emergencial da unidade em março. A organização substitui o Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV), que teve o contrato rompido após ser alvo de críticas de profissionais da saúde, que reclamavam de atrasos nos salários, pacientes e vereadores.

Publicidade

O contrato emergencial inicial com a atual gestora era de 180 dias, que se encerrariam no fim de agosto. Mas, no dia 30, foi publicada, na Imprensa Oficial do Município (Iomo), a prorrogação contratual por mais 120 dias.

Nos seis meses administrando a unidade, a Santa Casa de Misericórdia Pacaembu, em parceria com a Prefeitura, entregou reformas de melhorias de infraestrutura em diversas áreas do hospital. No dia 27, por exemplo, o prefeito Rogério Lins inaugurou as reformas de nove setores: clínicas Ortopédica, Cirúrgica e Psiquiátrica, UTI do 4º Andar,  recepção da Ortopedia, os setores de Emergência, Endoscopia e Colonoscopia, Parque Tecnológico (setor de raio X e Tomografia) e a área de carga e descarga.

Compartilhar

Comentários