Hospital veterinário público de São Paulo pode ser referência para Osasco

5
Foto: reprodução/Facebook

O Hospital Veterinário Público, instalado no bairro do Tatuapé, custeado pela Prefeitura de São Paulo e administrado pela ANCLIVEPA (Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais), pode ser a referência para a implantação do serviço em Osasco.

publicidade

O prefeito Rogério Lins visitou a unidade nesta terça-feira, 22, onde foi recepcionado pelos diretores técnico e administrativo, respectivamente, Luiz Wilson de Oliveira e Wilson Grassi Júnior.

Lins percorreu os 20 consultórios, salas de raio-x, ultrassom, emergência, enfermarias, ambulatório de doenças infecto-contagiosas, internação e cinco centros cirúrgicos. O prefeito de Osasco aproveitou para conversar com as pessoas sobre o atendimento prestado aos animais e com os funcionários sobre o prontuário digital do animal e diagnóstico.

publicidade

O hospital funciona de segunda a sexta-feira, com distribuição de senhas das 6h às 10h, atendendo entre 300 a 400 animais/dia. A unidade oferece as especialidades de clínica médica, oftalmologia, cirurgia de tecidos moles, ortopedia, anestesiologia, radiologia, ultrassonografia, cardiologia, odontologia, endocrinologia, intensivismo, infectologia e dermatologia, contando com uma equipe de 72 funcionários de apoio e 39 veterinários.

O prefeito disse que foi visitar a unidade para buscar referências para a cidade. “Ainda neste ano teremos dois polos de atendimento em Osasco: uma na zona Norte e outro na zona Sul, que oferecerão exames, inclusive, procedimentos cirúrgicos, garantindo atendimento de excelência aos animais”.

publicidade

Acompanharam o prefeito na visita, o secretário e o adjunto de Meio Ambiente, respectivamente, Marcelo da Silva e Alexandre Capriotti, além do diretor do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal, Fábio Cardoso, e o vereador Ralfi.

Comentários

5 COMENTÁRIOS

  1. Sr: Márcio, tanto para ser humano como para animal, o serviço de saúde precisa ser de excelência, os animais, assim como os humanos, sofrem, adoecem, choram, sentem frio, dor, saudade, amor, raiva. Provável que o senhor não tem um ser lindo desse em sua vida, repense seus comentários, magoam, ferem quem tem esses seres na vida.

  2. Com muito respeito aos amigos de 4 patas. porém ele deveria se preocupar com a falta de medicamentos e outros itens necessários para a saúde da população nos postos de distribuição. como por exemplo a fita de dextro para diabetes.

  3. O que tem que ser referência é hospital para ser humano, pois pra animal, com respeito, o próprio nome espécie já diz, deveria estar em segundos planos como referência, aí vemos os valores invertidos que começa com a própria direção. Vale a dica é repensar.

  4. O que tem que ser referência é hospital para ser humano, pois pra animal, com respeito, o próprio nome espécie já diz animal, deveria estar em segundos planos como referência, aí vemos os valores invertidos que começa com a própria direção. Vale a dica é repensar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCarille aceita proposta da Arábia e deixa o Corinthians, que já tem novo técnico
Próximo artigoOsasco é líder em lançamentos imobiliários na Grande São Paulo, segundo jornal