Humorista de Carapicuíba tem auxílio emergencial negado por “ser vereador” na cidade

0
Humorista de Carapicuíba tem auxílio emergencial negado por ser vereador” na cidade
Foto: reprodução

O palhaço de Carapicuíba Edmilson Vuku Vuku, que faz cover do Tiririca, teve o auxílio emergencial de R$ 600 negado pelo governo. O humorista não atendeu aos requisitos do programa porque consta no sistema que ele é político, eleito como vereador na cidade.

Vuku Vuku postou um vídeo (assista abaixo) nesta quarta-feira (27), no Facebook, em que aparece na frente da Câmara Municipal, tentando entender a confusão. “Estou aqui porque me falaram que eu sou vereador eleito na cidade de Carapicuíba e não tenho direito de receber o auxílio emergencial”, declarou no vídeo.

Edmilson é humorista há 40 anos e tem na bagagem diversas apresentações em eventos na cidade e até participação em programas do SBT. “Sou palhaço, tem 40 anos que não presto serviço para empresa nenhuma. Trabalho por conta, já perdi muito show e estão falando que sou vereador eleito. Mas cadê meu salário? Vim aqui na Câmara para ver onde é que está esse meu salário. Pelo menos um mês de salário de vereador, né?”.

Publicidade

Esta não é a primeira vez que pessoas como Edmilson têm o auxílio emergencial negado por aparecerem no sistema com registros em cargos políticos dos quais nunca ocuparam. Recentemente, uma mulher, no Espírito Santo, descobriu que teve o pedido do benefício recusado por ser “presidente da República”.

Comentários